Pular para o conteúdo principal

Postagens

Minha loja online de desapegos

Costumo desapegar dos itens que tenho em casa e não uso há muito tempo, ou não pretendo usar. Já usei muito o MercadoLivre, OLX, Facebook Marketplace ou simplesmente a lista de contato de amigos, mas agora montei uma loja mais organizada no Shopee.  Uma das grandes vantagens do Shopee é que ele fornece vários cupons de frete grátis, então é bem possível que você possa comprar qualquer item sem precisar pagar pelo envio. Na minha loja você vai encontrar livros, revistas, eletrônicos, games (e assessórios) e tudo mais que eu quiser que alguém aproveite mais que eu. Visitem o site e boas compras:  https://shopee.com.br/gregorioaf
Postagens recentes

Nem que a vaca tussa

 "Nem que a vaca tussa" foi uma animação que passou em branco pra mim e só fui ver agora, quase 17 anos depois de seu lançamento. E gostei.  É melhor que a maioria das animações que vai para o cinema, mas inferior à maioria das animações feitas pela Disney. É divertido, mas não é memorável. Diverte por uma hora e vinte minutos (e cumpre seu papel como obra de entretenimento). Mais infantil que a média, mas isso não quer dizer que seja ruim: só indica que o público alvo pode não ser você. Está no Disney+ . Vale a pena dar uma chance

Como a Liga da Justiça enfrentaria a pandemia

Será que se a Liga da Justiça existisse no nosso mundo seria mais fácil enfrentar a pandemia de COVID-19? Uma das minhas histórias em quadrinhos favoritos desde minha adolescência é Superman: Paz na Terra . Escrita por Paul Dini, foi publicada originalmente em formato gigante com a arte realista de Alex Ross. Toda pintada, a graphic novel impressionava não só pelo aspecto visual, mas também pela sua história que mostrava um lado mais humano do Superman. Seu objetivo era utilizar seus poderes para acabar com a fome em um dia. Superman: Paz na Terra fez parte de uma série da DC Comics publicada entre 1998 e 2003 onde os super-heróis enfrentavam desafios que os tiravam da posição de praticamente deuses para enfrentarem problemas reais. Além do kryptoniano, também foram publicadas histórias do Batman (enfrentando a miséria das grandes cidades), da Mulher-Maravilha (contra a opressão das mulheres em algumas culturas), do Capitão Marvel (buscando trazer mais esperança para crianças com defic

Participações na Rádio UFMG Educativa

A Rádio UFMG Educativa  tem como parte da sua programação a divulgação de pesquisas realizadas na universidade e, recentemente, pude participar de programas em duas ocasiões falando um pouco sobre o trabalho que tenho desenvolvimento no meu doutorado. Atualmente pesquiso a desinformação científica nas plataformas de mídias sociais, com um olhar especial no movimento antivacina no YouTube. A pandemia de COVID-19 mudou bastante a situação do meu objeto de pesquisa, mas trouxe a mim a oportunidade de aplicar meu conhecimento em benefício da sociedade. Dentro desse contexto, participei de dois programas: no "Outra Estação", que foi ao ar em 24 de março de 2020, participo com um comentário sobre o impacto da desinformação na saúde pública. Já no programa Conexões, que foi ao ar no dia 22 de junho de 2020, fui entrevistado e pude falar de aspectos específicos da minha pesquisa ligados ao tema vacina no YouTube, bem como as mudanças que a plataforma passou durante a pandemia. Os doi

Pesquisando sobre a pandemia de COVID-19

Como parte da minha pesquisa de doutorado, publiquei recentemente dois artigos na página do  grupo de pesquisa R-EST - estudos redes sociotécnicas, que faço parte no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social na UFMG. O primeiro narra um experimento com pesquisas sobre o termo "vacina" no YouTube durante a pandemia, analisando seus resultados. Está disponível no link abaixo. Pesquisando ‘vacina’ no YouTube durante a pandemia O segundo explora as mudanças recentes na governança do YouTube causadas pela pandemia de COVID-19, e pode ser acessado no próximo link: As mudanças na governança do YouTube em função da pandemia

Depoimento na TV Câmara - Fake News e coronavírus

Fui convidado pela TV Câmara da Câmara Municipal de Araraquara pra falar sobre as fake news relacionadas à saúde nesses tempos de pandemia. O resultado está no vídeo abaixo! Espero que gostem.  

Entrevista na revista de divulgação científica Darcy, da UnB

Recentemente dei uma entrevista para a revista Darcy, publicação de divulgação científica da Universidade de Brasília (UnB) para falar um pouco sobre minha pesquisa de doutorado em uma ampla reportagem sobre fake news. Entre os tópicos tratados estão a disseminação de desinformação nas redes sociais, a banalização do termo "fake news" e o movimento antivacina. A reportagem completa também está disponível em versão digital, além da tradicional versão impressa. http://www.revistadarcy.unb.br/edicao-n-22/22-reportagens/91-fake-news