Pular para o conteúdo principal

Postagens

Dez quadrinhos imperdíveis para você ler Social Comics

Há dois anos, fiz uma assinatura do Social Comics, serviço de streaming de quadrinhos brasileiro que faz parte do Omelete Group. O funcionamento é semelhante ao da Netflix: você paga uma assinatura mensal e tem acesso a todo o acervo da plataforma, repleto de quadrinhos de diversas editoras, independentes, traduções exclusivas e produções originais. O custo de R$19,90 mensais é bem razoável tendo em mente o quanto eu gastaria se comprasse cada um dos quadrinhos que li desde que virei assinante.

Até o momento, li 293 edições na plataforma, o que dá uma média próxima a 12 revistas por mês. Como o acervo é composto por milhares de edições e cresce em uma velocidade maior que consigo acompanhar, provavelmente ainda terei muito o que aproveitar.

Dentre os quadrinhos que li, destaquei dez edições que por si só compensam uma assinatura. Não estou ganhando um centavo por essa indicação (mas se quiserem me patrocinar, eu aceito), só achei que valia pena divulgar o serviço. Uma dica: os primeir…
Postagens recentes

As notícias falsas que confundiram o público da Campus Party MG

Tive o prazer de ministrar uma palestra na última edição da Campus Party em MG com o tema "Fake News - Como viver num mundo de mentiras". Em breve, essa palestra estará disponível no YouTube e, assim que tiver o link, compartilho com você.



No início da minha apresentação, mostrei algumas notícias e pedi para o público preencher um questionário avaliando se cada publicação era verdadeira ou falsa. TODAS eram falsas, por mais convincentes que parecessem.

O público da Campus Party é jovem e ligado em tecnologia, o que poderia nos levar à hipótese de que estariam mais antenados e conseguiriam identificar o que realmente aconteceu. Os resultados foram um pouco diferentes.

A primeira notícia falava que o plantão da Globo nos atentados de 11 de setembro interromperam um episódio de Dragon Ball Z. 44% do público estava convencido de que isso era verdade. Esse é um caso curioso, pois é muito comum encontrarmos pessoas que afirmam se lembrar do ocorrido, mas essa é uma espécie de memória…