Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2007

Conto de natal

- Deixa eu ver essa sua caixa de lápis! (...) Ah, R$6,90...
- Como assim? As coisas que o Papai Noel dá pra gente não têm preço! Ele não compra nada! Agora que eu não acredito mesmo que o Papai Noel existe...

E assim terminam os sonhos de uma criança...

Eletromagnetismo

Tava me lembrando do semestre em que fui obrigado a debulhar página por página do livro Eletromagnetismo, de Annita Macedo:

"(...)A unidade no sistema internacional(SI) é o Coulomb, cujo símbolo é C. O nome é uma homenagem ao físico francês Charles-Augustin de Coulomb. Por esta razão, é impróprio que um brasileiro pronuncie "cúlomb", à maneira dos americanos, para quem o acento na primeira sílaba é não só aceitável, como natural. A palavra é oxítona."

Já tava complicado aprender o eletromagnetismo em si, e a autora querendo dar lições gramaticais...

Guitar Hero

Embora eu seja um Nintendista desde os 6 anos de idade, tenho que admitir que o Guitar Hero do Playstation é muito divertido!

P.S.: Mas o Elite Beat Agents é muito mais legal!

Shakira e outras cantoras do passado

Nesse final de semana, assistindo à MTV, vi um especial sobre a Shakira, e me lembrei que durante uma época da minha vida eu gostei muito dela. Eram meados de 1996, e as cantoras que eu mais ouvia eram a Alanis Morissette, a Natalie Imbruglia e a colombiana. Nessa época eu também gostava das Spice Girls, mas isso não conta.

Mais de dez anos depois, a Alanis continua fazendo ótimos discos, mas sem atingir o sucesso do seu álbum de estréia. Eu ainda gosto dela.

A Natalie Imbruglia desapareceu do mapa, Torn toca até hoje, ela lançou mais dois discos (que eu saiba, e eu tenho um deles, muito bom por sinal) e se juntou com o vocalista do Silverchair (aliás, vocês sabem por onde eles andam também?)

A Shakira, depois do excelente álbum Pies Descalzos, lançou outros álbuns na mesma linha, mas depois resolveu começar a cantar em inglês, e eu parei de gostar dela.

Dez anos atrás, ela aparecia em seus clipes como uma simpática garotinha morena, cantando em espanhol e tocando violão. Hoje ela está um…

Entre queijos e iogurtes

Eu nunca entendi o fato do Danoninho e do Chambinho serem chamados de queijo tipo petit suisse. Pra mim eles nunca passaram de um iogurte endurecido.

E eu não entendo o porque dos iogurtes de hoje em dia terem escrito nas suas embalagens "bebida láctea" ao invés de simplesmente "iogurte".

Tá tudo errado!

O tempo passa

Você percebe que está ficando velho quando seu primo 11 anos mais novo compra um tênis da mesma numeração do seu.

Você percebe que não vai crescer mais quando o pé desse primo não entra mais no All-Star que ele comprou e ele te dá esse tênis de presente.

Loituma - Leva's Polka

Missão para 2008: decorar a letra dessa música!



Nuapurista kuulu se polokan tahti
jalakani pohjii kutkutti.
Ievan äiti se tyttöösä vahti
vaan kyllähän Ieva sen jutkutti,
sillä ei meitä silloin kiellot haittaa
kun myö tanssimme laiasta laitaan.
Salivili hipput tupput täppyt
äppyt tipput hilijalleen.

Ievan suu oli vehnäsellä
ko immeiset onnee toevotti.
Peä oli märkänä jokaisella
ja viulu se vinku ja voevotti.
Ei tätä poikoo märkyys haittaa
sillon ko laskoo laiasta laitaan.
Salivili hipput.

Ievan äiti se kammarissa
virsiä veisata huijjuutti,
kun tämä poika naapurissa
ämmän tyttöä nuijjuutti.
Eikä tätä poikoo ämmät haittaa
sillon ko laskoo laiasta laitaan.
Salivili.

Siellä oli lystiä soiton jäläkeen
sain minä kerran sytkyyttee.
Kottiin ko mäntii ni ämmä se riitelj
ja Ieva jo alako nyyhkyytteek.
Minä sanon Ievalle mitäpä se haittaa
laskemma vielähi laiasta laitaa.
Salivili.

Muorille sanon jotta tukkee suusi
en ruppee sun terveyttäs takkoomaa.
Terveenä peäset ku korjoot luusi
ja määt siitä murjuus makkoomaa.
Ei tätä poikoo …

Desaprendendo

Você percebe que está estudando/trabalhando demais quando pega seu videogame depois de 1 mês, joga 3 jogos diferentes e não consegue passar de fase em nenhum.

Ganso campeão!

Hoje, com uma vitória por 1 a 0 sobre o Itaúna, o Araxá Esporte Clube sagrou-se campeão mineiro da segunda divisão!

Ano que vem, disputará o módulo 2 no ano do seu cinquentenário.

Vamo subir Gansô!

Desfazendo a coleção

"- (...) aí eu perguntei pro meu professor o que eram aquelas revistas em quadrinhos saindo da mochila dele e ele me disse que estava se desfazendo da coleção...
- Mas porque ele estava se desfazendo da coleção? Ele se casou?
- É... Tem um mês."

Que isso fique de aviso para minha futura esposa: Eu não vou me desfazer da minha coleção de histórias em quadrinhos!

Coisas de engenharia

Como sugerir que seus alunos não copiem os trabalhos de seus colegas:

"SE APENAS UMA OU DUAS OPÇÕES, DAS OFERECIDAS ABAIXO, FOREM ESCOLHIDAS POR TODOS, UMA LEI ESTATÍSTICA TERÁ SIDO VIOLADA. INTERPRETAREI QUE ALGO TERÁ INFLUENCIADO A TODOS A TEREM UM COMPORTAMENTO ESTRANHO. AS NOTAS DO EXERCÍCIO PODERÃO REFLETIR ESSA MINHA INTERPRETAÇÃO. DESSA FORMA, SUGIRO QUE VOCÊ ESCOLHA LIVREMENTE A OPÇÃO, DANDO OPORTUNIDADE A QUE A TAL LEI ESTATÍSTICA POSSA CUMPRIR O SEU PAPEL."

Retirado de um enunciado real de um exercício.

O patofã

Publicado originalmente no Jornal Interação (Araxá - MG) e posteriormente na página oficial do Pato Fu.



"Ele gosta mais de Pato Fu do que eu" - foi o que a Fernanda Takai disse, se referindo à mim.

Quando soube que o Pato Fu iria tocar na calourada da Uniaraxá, rapidamente comecei a providenciar minha ida à Araxá. Há alguns anos já aguardava um show da minha banda preferida na cidade onde primeiro se avista o sol, mas nunca tinha sido atendido.

Depois de alguns dias de espera, finalmente peguei o ônibus viajei 370 quilômetros, e cheguei na sexta-feira, 31 de março, dia do show. Eu sabia que a banda já estava na cidade. Restava descobrir onde. Depois de inúmeros telefonemas e informações desencontradas, consegui chegar na entrevista coletiva para a imprensa. Mas eu não era da imprensa, nem tinha nenhuma autorização para ir ao local, só tinha minha velha e surrada camiseta do Pato Fu, uma câmera fotógrafica na mão e muitos CDs na mochila.

Dei de cara com a banda, respondendo à per…

Elevadores

Sinceramente, eu não entendo o porquê das pessoas apertarem os botões dos elevadores mesmo quando as suas luzes já estão acesas. Será que elas não confiam na tecnologia? Ou confiam tanto que acham que o elevador vai chegar mais rápido se elas apertarem o botão novamente?

GEEE

"Até a pé nós iremos
Para o que der e vier
Mas o certo é que nós estaremos
Com o Grêmio onde o Grêmio estiver!"

Usando o celular

Uma das coisas legais dos telefones celulares é o histórico de tempo das ligações que você fez. Graças à ele, descobri que nos últimos 348 dias, passei 48 horas inteiras falando ao telefone, e mais 24 horas acessando a internet via WAP GPRS.

O que isso muda na minha vida? Praticamente nada. Mas eu achei legal.

Formatura

Parabéns, Raíssa!

Censura 12 anos

Eu não sei porquê um filme com censura 12 anos é colocado à venda na seção infantil das lojas!

(...)


Tá bom, eu sei por quê sim... É porquê tem um tanto de gente que acha que Homem-Aranha é coisa de criancinha. Criança gosta sim, mas o filme não foi feito pra elas. Caso contrário, não teria a censura 12 anos...

A tropa de elite da engenharia

Mensagens enviadas para a lista de e-mails do curso de engenharia elétrica da UFMG:

From:Rodolfo Lage To:eletrica-l@campus.cce.ufmg.br Sent: Thursday, November 01, 2007 5:35 PM Subject: [Eletrica-l] reopção
Alguem sabe me informar como faço para mudar de curso? Obrigado Rodolfo


From:Anderson To:eletrica-l@campus.cce.ufmg.br Sent: Friday, November 2, 2007 9:34 PM Subject: Re: [Eletrica-l] reopção
06 pediu pra sair! pega sua cruz na sala do colegiado e planta ela no jardinzinho do prédio novo, deve ser pra isso que eles fizeram tantos gramados! "Nem o exército de Israel treina engenheiros como a gente."




Marvels

Lançado em 1994 e até hoje não tive a oportunidade de ler esse clássico. Mas agora já estou com a edição encadernada em mãos, e vou corrigir esse atraso de 13 anos.

Minha namorada já leu Marvels e eu não. Isso não me mata de inveja, só me enche de orgulho! Eu poderia arrumar uma melhor namorada no mundo? Creio que não...

Autógrafo

Passeando de ônibus, olho para o lado e vejo uma assinatura conhecida: um autógrafo do John do Pato Fu! Tive que registrar o momento...

Anime Festival

Super Mario Brothers!

Liga da Justiça

Lojas Americanas, seção de brinquedos:
- Eu não tô encontrando o Homem-Aranha...
- Mas mãe, aí só tem os bonecos da Liga da Justiça!
- Eu sei, mas tinha que ter o Homem-Aranha...
- É claro que não tem mãe! É a Liga da Justiça!
- Mas cadê o Homem-Aranha?

Coisas que me irritam em banheiros públicos

Pessoas que:
- dão socos nas torneiras de fechamento automático;
- não lavam as mãos e pegam na sua mão quando estão saindo do banheiro;
- usam 358 folhas de papel para enxugarem as mãos (quando apenas duas são necessárias);
- não dão descarga;
- Entopem a pia com papel (babaquice-mor).

Situações em que:
- falta papel;
- falta sabão;
- falta água;
- a privada entope.

(e eu sempre saio irritado...)

P.S.: Eu não me irrito com papel higiênico molhado pregado no teto. Não que eu faça isso, na verdade eu nunca fiz. Mas até acho interessante...

Enquanto isso, no Festival Internacional de Quadrinhos...

Trocando as letras

Gregório diz:
sua mão ainda tá pegando no seu pé?
Laura diz:
se eu abaixar minha mãe pega no meu pé sim
Laura diz:
bah, escrevi errado tbm
Laura diz:
ia falar mão, q nem vc.

Gregório para leitores de histórias em quadrinhos

Forte, como a Mônica;
Estressado, como o Pato Donald;
Criativo, como o Calvin;
Mutante, como os X-Men;
Inteligente, como o Batman;
Comilão como o Obelix;
Herói, como o Superman;
Universitário, como o Homem-Aranha;
Amado, como o Charlie Brown;
Rico, como o Tio Patinhas;
Distraído, como o Pateta;
Guerreiro, como o Seiya de Pégaso;
Selvagem, como o Wolverine;
Líder, como o Ciclope;
Trabalhador, como o Dilbert;
Rápido, como o Flash;
Repórter, como Clark Kent;
Fotógrafo, como Peter Parker;
Convencido, como o Snoopy...

Gregório para músicos

Unanimidade, como o Skank;
High-tech, como o Pato Fu;
Sem-noção, como o Karnak;
Experimental, como o Radiohead;
Inovador, como os Beatles;
Romântico, como o Los Hermanos;
Independente, como o Ludov;
Feliz, como o Wonkavision;
Experiente, como os Titãs;
Melancólico, como o Belle and Sebastian;
Alegre, como os Mamonas Assassinas;
Poeta, como Chico Buarque;
Brasileiro, como Tom Zé;
Criativo, como Gabriel, o Pensador;
Eletrônico, como a BjÖrk;
Original, como o (cLAP!);
Jovem, como a Avril Lavigne;
Paulistano, como o Gram;
Popular, como o Jota Quest;
Desperdiçado, como o Tianastácia;
Engajado, como o Rappa;
Solidário, como o U2;
Surpreendente, como o Flaming Lips;
Animado, como o Weezer;
Bilingue, como o Cartoon;
Incompreendido, como Os Mutantes...

Harry Potter x Chaves

Será que a série de cinema do Harry Potter vai virar "Chaves"? Essa é uma pergunta que tem me intrigado nas últimas semanas.

Desde o terceiro filme, os atores estavam representando personagens mais novos que eles. E nesse ritmo de um filme a cada dois anos, a Ordem da Fênix ficou com cara de "Chaves": - com adultos representando crianças.

O pior de todos foi o Neville. Em cenas junto com os outros alunos de Hogwarts, ele era uns 10 cm maior que todos os outros.

Mas eu nem ligo - assistindo aos filmes eu me empolgo como as crianças - ou até mais que elas!

1 real e 1 real

Se eu tivesse um milhão de notas de um real, eu as trocaria por um milhão de moedas!

Há mais de um ano, não são fabricadas cédulas de 1 real. Acontece que aquelas que ainda estão em circulação, ficam cada dia mais sujas e nojentas. É homem que guarda amassada na meia, mulher que carrega dinheiro no sutiã, bêbado que embola a nota e coloca onde nem ele sabe...

Por isso sou a favor das moedas. Embora a quantidade de coliformes fecais encontradas em ambos os dinheiros seja praticamente a mesma (isso eu suponho, completamente sem fundamento científico, obra da minha imaginação), a sujeira da moeda não aparece tanto e a gente acha que ela está limpinha.

Infelizmente, com o Real se desvalorizando, as notas de 2 reais também estão ficando gosmentas melequentas. Mas ainda dá pra encontrar umas novinhas de vez em quando!

Mario cabeçudo!

Antigamente eu achava que o Mario dava cabeçadas nos bloquinhos, ao invés de socos. É que os gráficos do Nintendo eram tão primários que só dava pra identificar que ele usava roupa vermelha e tinha bigode!

Axé e a baba única

Não gosto das micaretas. Primeiro porque a música é sofrível na grande maioria das vezes. Segundo, porque fica cheio de boyzinhos acéfalos requebrando como macacos esfregando seus braços bombados melecados de suor nas pessoas à sua volta. Terceiro, por causa da baba única.

A baba única é uma teoria que desenvolvi conversando com diversas pessoas sobre as situações que ocorrem nas picaretas. 87% das pessoas vai com a mentalidade (ou a falta dela) de beijar o máximo de pessoas o possível. Pois bem, imagine que um boyzinho bombado beije uma patty nojenta. 15 minutos depois, esse mesmo boyzinho já está osculando uma simpática menina do interior que veio pra capital só pra micareta, ao passo que a patty tá "dando uns pega" num nerd que não pega ninguém e veio pro evento tentar a sorte. As trocas continuam aleatoriamente por algumas horas, e ao final da festa, coletando amostra de saliva de apenas uma pessoa, você encontra exemplares de bactérias originárias de aproximadamente 98%…

Paintbrush

Uns tempos atrás, usávamos um aplicativo chamado Windows 3.11. E por meio desse Windows, a gente podia usar um programinha de desenhar, chamado Paintbrush. Quando o revolucionário Windows 95 foi lançado, o Paintbrush passou a ser chamar simplesmente Paint. Só que esse nome nunca entrou na minha cabeça. Eu continuo falando em Paintbrush e me sinto super velho quando as pessoas não sabem o que era isso...

Transformers

- Tchau, tô indo ao cinema!
- Que filme você vai ver?
- Transformers!
- Transformers? É de transformistas?

(diálogo real... infelizmente)

Mario for kids

- Você conhece o Mário?
- Que Mário?
- Aquele que ESCONDEU atrás do armário!!!

Ensinei assim aos meus primos pequenos... E não é que eles acharam muito engraçado?

Topa ou não topa

Alô moças bonitas? Alô Sílvio Santos!

É sempre assim, os mesmos bordões, as mesmas reações, o mesmo programa, a mesma audiência. Mas funciona!

Toda vez que o programa "Topa ou não topa" se inicia, o lendário apresentador com um microfone preso em uma eterna armação de ferro soldada ao seu peito (exagerei, hein?) faz a mesma saudação às moças bonitas carregando maletas, que respondem com um sorriso espantado no rosto: "Alô Sílvio Santos!".

O SBT é sempre assim: quando a audiência cai, começam as reprises de Chaves ou Maria do Bairro (e afins), ou então o senhor do baú começa a apresentar um programa novo. E o "Topa ou não topa" me chamou a atenção.

Basicamente, o programa é um jogo em que o participante pode ganhar 1 milhão de reais - mas consegue no máximo uns 30 mil reais. Tudo por causa da ganância das pessoas, que não se contentam com pouco e acabam perdendo tudo.

Culturalmente falando, o programa não acrescenta absolutamente nada à minha vida. Mas no quesi…

1,99

Certa vez fui à uma loja de 1,99 com um grande amigo meu. Escolhemos uma vendedora para ser atazanada, e começamos a perguntar o preço de diversos itens. A resposta era sempre a mesma, afinal a loja tinha um preço único para todos os produtos. Ela foi super atenciosa no início, mas depois começou a perder a paciência. O mais legal (ou mais idiota) disso tudo é que a gente realmente se divertiu nessa brincadeira besta. Eu sinto falta de fazer coisas assim...

Jujubas

Porque será que não existem saquinhos que vêm só com jujubas vermelhas? Elas sempre acabam antes das outras, e são muito mais gostosas!

Quarteto Fantástico

Nenhuma identidade secreta, um grande vilão, piadinhas infames, grandes efeitos especiais, um outro vilão que consegue cativar o público, uma boa história. Um filme de super-herói do jeito que tem que ser.

Os Simpsons

Esse filme vai ser legal...

Arraiá do PCA

Não sei porquê as pessoas ficaram me chamando de Mario Bros da roça...

Feliz dia dos namorados

Eu acredito em elétrons!

Dia desses essa sentença brotou no meu cocoruto. Pensei em fazer uma camiseta para os alunos do curso de engenharia elétrica da UFMG com essa frase. Comecei a interrogar meus colegas pra saber se eles comprariam o produto.

Esse tipo camiseta corre o sério risco de ficar muito baranga, parecer árvore de natal ou ficar só feio mesmo. E percebe-se que quanto mais calouro é o criador da camiseta, maior o logotipo da Universidade Federal de Minas Gerais. Eu queria uma coisa mais simples, bem clean.

Acontece que muita gente não entendeu o espírito da frase. Ou então simplesmente não acreditam em elétrons. Mas pra mim, o objetivo de estampar essa afirmação é dizer que eu acredito mesmo. Toda a teoria de eletricidade e eletromagnetismo é, grosso modo, baseada na teoria elétron. Ninguém nunca viu, mas para que tudo aquilo que estuda nas 3500 horas do curso seja verdadeiro, o elétron precisa existir. Vai me dizer que tudo que aprendi nos últimos 4 anos é mentira? De forma alguma!

Você tem todo o d…

Vcc

O primeiro jogo da rodada foi marcado por provocações que duram desde o torneio início e se intensificaram ainda mais durante essa semana. O Vcc enfrentou o Super-ohms em numa partida disputadíssima, que teve 5 placares de empate diferentes. 0 a 0, 1 a 1...4 a 4. A partir daí o Vcc abriu três gols e segurou até o final. O Super-ohms esboçou uma reação, mas mesmo assim não obteve um resultado positivo, fechando o placar com e vitória por 7 a 6 para o time da 75ª turma de engenharia elétrica da UFMG. Destaque para o gol da vitória do Vcc: Mr Parrudo, o homem-gol que tinha sido muito criticado no primeiro tempo, pedalou em câmera lenta, pedalou de novo e chutou. Com um efeito parecido aos filmes de Matrix, a bola foi para o fundo da rede. Tal qual o Godzilla quando sai da água, Parrudo urrou, e seus gritos foram ouvidos até no show da Xuxa, que estava acontecendo no Mineirinho.

do blog O Resistor

Retratos

Houve um tempo em que as pessoas tiravam retratos. Elas compravam filmes de 12, 24 ou 36 poses, e só revelavam os retratos depois que preenchessem todo esse filme. Você sabe o que é um retrato? É aquilo que hoje as pessoas chamam de fotos. Aliás, você já ouviu falar em revelar fotos?

Ninguém podia ver como a imagem ficou até que o filme fosse revelado. Imagine ficar esperando 3 semanas para ver se você saiu bem na foto? E quão grande era a decepção quando você descobria que aquela foto que você tirou ao lado da Sandra Bullock queimou?

Hoje as pessoas tiram 250 fotos em um só dia. Parece que as câmeras digitais banalizaram a fotografia. Consequências da modernidade...

Pelo menos eu posso dizer que eu participei daquele tempo. Já me indignei ao perceber que fui cortado da foto que só pude ver depois de um mês, já perdi todas as fotos da viagem que não vou fazer novamente e com pessoas que não vou encontrar mais, já deixei de tirar muitas fotos interessantes porque o filme tinha acabado. Ma…

Usina Hidrelétrica de Três Marias

Visita técnica de alunos de engenharia elétrica da UFMG. Clique na foto para ampliá-la.

Clicando AQUI você pode baixar um arquivo com algumas das fotos tiradas durante a viagem.

Caso você queira alguma foto em alta resolução, me mande um e-mail falando o número da(s) foto(s) desejada(s).

Deixo meus agradecimentos ao Henrique Santos e ao André Fernandes, que organizaram a viagem. Também à professora Maria Helena, que nos acompanhou, e à equipe da usina que nos recebeu.

O Resistor

Ontem, 26 de abril de 2007, foi lançada mais uma edição jo jornal O Resistor, com conteúdo voltado aos estudantes de engenharia elétrica da UFMG.

Apesar de não ter nada a ver com engenharia, editar esse jornal é uma das atividades acadêmicas que mais me diverte!


Da esquerda pra direita: Kiosky, Gregório, Ruslan, Luisa e Guilherme

Voltando no tempo

Ontem eu acordei e fiquei feliz, pois achei que era uma quinta-feira. Dessa forma, a sexta-feira estaria chegando, e o feriado prolongado também.

Ao mesmo tempo, me deseperei, pois eu tinha um trabalho pra sexta e outro pra quinta, e eu não tinha terminado nenhum dos dois.

Foi aí que eu percebi que na verdade estávamos na terça-feira, e eu ainda tinha tempo pra cumprir minhas obrigações. Fiquei aliviado.

Depois disso, acabei ficando chateado, pois era terça-feira e o fim de semana ainda estava longe. Foi como se eu já tivesse chegado na quinta-feira e voltado no tempo, pra repetir uma boa parte da semana...

Anime Festival

Dia de celebridade: a partir de hoje, só irei em festivais de anime fantasiado! Foi divertido pra dedéu!

Barba

Antes do bigode de Mario, eu tava com a cara peluda...

Os Raimundos eram legais...

Há cerca de um mês atrás, as músicas dos Raimundos começaram a me perseguir. Primeiro com “Mulher de fases” sendo tocada em uma festa na escola de engenharia. Depois, em um laboratório em que eu estava trabalhando, os acordes de “Eu quero ver o oco” começaram a soar. Mais tarde, “A mais pedida” é executada em um programa de rádio. E assim eu comecei a lembrar de quando os Raimundos eram legais.

Fui então ouvir uns discos antigos, primeiro o “MTV Ao Vivo”, depois o “Só no forevis”, e descobri que realmente eu me divertia bastante com a banda. Tudo bem que eles nunca foram uma das minhas bandas preferidas, mas certamente me fizeram passar por bons momentos. O excesso de palavrões sempre me incomodou, mas não chegou a atrapalhar minha admiração pelos Raimundos.

O mais estranho da trajetória da banda foi que, no auge do sucesso, o vocalista resolveu abandoná-la – por causa de sua religião. Os Raimundos ainda existem, e chegaram a lançar 3 discos depois disso - mas nenhum emplacou. Infelizme…

Afoga o Ganso

Um anônimo (que se for descoberto vai apanhar de muita gente) criou um blog chamado Afoga o Ganso, com o objetivo de fazer piadinhas com tudo e todos de Araxá. E devido à minha fantasia de Mario, na festa a fantasia da citada cidade, fui tema de um post no blog, que pode ser lido AQUI.
Eu até achei legal...

Você conhece o Mario?

The Killers

Eles se denominam "Os Assassinos". O primeiro hit da banda contava a história de uma garota que tinha uma namorado que se parecia uma namorada. A partir daí, a primeira coisa que se imagina é que são uma banda sem a menor credibilidade. Será mesmo?

O grupo "The Killers" conquistou notoriedade mundial com a música "Somebody Told Me", que conta a história descrita acima. Foram apontados como uma boa promessa do Indie Rock mundial, mas seu primeiro álbum , "Hot Fuss", é um tanto quanto irregular. Algumas músicas boas, outras nem tanto, e nada de se levar a sério. Mesmo assim, venderam discos o suficiente para se criar uma grande espectativa em torno do segundo álbum.

Mas eu já tinha perdido as minhas espectativas, tanto que quando "Sam's Town" foi lançado, não me dei ao trabalho de ouvi-lo. Erro meu, pois o segundo disco do "The Killers" surpreendentente, foi um dos melhores álbuns que apareceu no rock alternativo nos últimos …

Zoo

Observando um elefante sair do banho...

300

Desde que tenho uns dez anos de idade, convivo com a pergunta: "Você já não está muito grandinho pra ler essas coisas?". "Essas coisas" são revistas em quadrinhos, que me acompanham desde que comecei a aprender a ler.
Entre os milhares de quadrinhos com os quais eu tive contato, posso destacar a série "Os 300 de Esparta" como uma das melhores que já li. Isso foi em 1999 e agora, quase oito anos depois, o filme "300", baseado nessa série, tem conquistado o público em todos os lugares em que estreou. Provavelmente no Brasil não será diferente, até porque o filme conta com Rodrigo Santoro como um dos protagonistas, no papel do imperador Xerxes.
O brasileiro tem costume de rotular as histórias em quadrinhos (HQs) como "coisa de criança". A maioria das pessoas pensa assim equivocadamente, pois não sabe que existem quadrinhos para adultos, e que eles são muito populares. Até mesmo Hollywood está descobrindo esse mercado, nos brindando com ótim…

Iabadabadu!

Tchibum!

Ah, minha infância...

Coisas que eu NÃO ENTENDO sobre minha infância:
Coisa número 1: Eu não entendo como eu comia tanta areia no parquinho. Bastava descer o escorregador, e lá estava eu com a boca cheia de areia, cuspindo para todos os lados. Até hoje eu não fui capaz de compreender como a areia ia para dentro da minha boca.
Coisa número 2: Eu não entendo como eu tomava tanto choque nas tomadas. Tudo 110 volts. Felizmente nenhuma dela me trouxe algum dano, apenas pequenos desconfortos no momento do choque e só. Mas hoje em dia eu acho tão difícil conseguir tomar um choque (mesmo fazendo engenharia elétrica)...

Coisas que eu SÓ HOJE EU ENTENDO sobre minha infância:
Coisa número 1: Hoje eu entendo porque os adultos não gostavam de Power Rangers. Por mais que eu achasse o seriado uma das coisas mais legais que existia na TV, eu achava muito estranho o fato de nenhum adulto gostar. Assistindo novamente 10 anos depois eu finalmente percebi o motivo.
Coisa número 2: Hoje eu entendo porque os homens não têm, o costum…

Invasão

Não há nada pior que você fazer pose para uma foto e um engraçadinho brotar do nada e pular na sua frente!

Família, família

Apenas mais uma manhã de sábado na praça da Savassi.

Pessoas com nomes de super-heróis

Sávio Samir, Hélio Aurélio, Clara Camelo, Fernanda França. Nenhum desses é personagem de revistas em quadrinhos, embora os nomes possam sugerir isso. São apenas alguns de meus amigos com nomes de super-heróis.

Completam a lista Angélica Almeida, Daniel Dolabella, Izabela Cancela, Rodrigo Rodrigues, Alberto Aleixo, Guilherme Guedes, Andrea Araújo, Karen Costa, Alexandre Alvarenga, Natália Nássara, Adriano Amâncio, Omar Mattar, Ramon Rossi, Saulo Ceolin, Talita Thâmara, Gustavo Gomes, Raquel Leonel, entre outros.

Mas o que esses nomes têm em comum? Alguém se lembra de quando estudou as aliterações, nas aulas de português? A repetição de sons está presente na maioria das histórias em quadrinhos de super heróis, como exemplifica a lista abaixo:
- Clark Kent, Lex Luthor, Lois Lane, Lana Lang (de Superman);
- Peter Parker, J. Jonah Jameson, Otto Octavius - Doutor Octopus, Green Goblin - Duende Verde (do Homem-Aranha);
- Matt Murdock (o Demolidor, ou Dare Devil);
- Mulher Maravilha (Wonder Woman);

Calouros

Tradicional foto que eu tiro semestralmente, no momento de confraternização calouros x veteranos da engenharia elétrica da UFMG.

Os famosos do meu segundo grau

O Ciniro (vulgo Sayid) estudou comigo no segundo grau, CEFET em Araxá, e recentemente ele colocou essa foto no orkut. Tomei a liberdade de surrupiá-la para o meu blog, dando os devidos créditos, é claro. Isso é só pra vocês verem que só estudei com famosos no meu segundo grau.
Ah, vocês podem clicar na foto para vê-la ampliada!

Glub Glub

Que coisa legal é tirar fotos debaixo d'água!

A Vaquinha da Surfistinha

Pelas minhas estimativas, aproximadamente 16 pessoas leram o meu exemplar do best seller "O Doce Veneno do Escorpião", de autoria da ex-garota de programa Bruna Surfistinha. Acontece que recentemente ela lançou um novo livro!

A única vez que gastei dinheiro com uma prostituta na minha vida foi quando comprei o livro da Bruna Surfistinha, e eu não quero gastar mais com isso. Mas eu queria ler o livro. Por isso sugiro a vocês, a VAQUINHA DA SURFISTINHA!

E como isso funciona?
Cada um dos interessados em ler essa nova obra-prima da literatura brasileira contribui com 1 real. É só ir pra à pé pra faculdade ou ficar um dia sem almoçar pra juntar o dinheiro! Quando eu juntar o necessário para comprar o livro, o farei.

Mas quem vai ler primeiro?
Primeiro eu! Depois, fica sendo por ordem de contribuição. quem pagou 1 real primeiro, lê antes. Como visto no primeiro livro, o estilo de escrita não exige praticamente nada da sua capacidade cerebral, e a fila acaba andando rápido (com "O…

Minha namorada japa é linda!

Mas é só minha, ok?

Super Mario

Gregório Mario e Laura Mario

Tan na tan taran tan, ton!

Pra não me molhar!

Dobby x Henry Gale

A primeira vez que vi o Henry Gale, em Lost, achei o rosto muito familiar. Uns 3 minutos depois fiz a associação: o Henry Gale é igualzinho ao elfo doméstico Dobby, de Harry Potter! Vejam com os seus próprios olhos!

4 8 15 16 23 42

Existem alguns livros, filmes, seriados, que você deve conhecer pra poder ter o direito de pelo menos falar mal. São as histórias que acabam fazendo muito sucesso, e quando você menos espera todos à sua volta estão discutindo o assunto e você também, quer se socializar, poder conversar com todos.
Foi numa dessas que resolvi começar a assistir LOST. Durante o fim do semestre, uma amiga gravou pra mim uns DVDs com algumas dezenas de episódios, que fui assistindo no ritmo que a engenharia me permitia: 2 episódios por semana.
Começaram as férias e tive tempo de sobra pra assistir o resto.

Agora eu já posso encontrar as pessoas e discutir teorias estapafúrdias sobre a ilha, os bad numbers,a Iniciação ao Dharma, etc. E confesso que, embora sejam discussões que nunca chegam à uma conclusão acertada antes do seriado chegar ao seu final, isso é até divertido. Só espero que os autores não prolonguem demais o seriado, pra que não ocorra o mesmo que ocorreu com o Arquivo X: desanimei de continuar a…

G. R. E. S. (Pato Fu)

Não gosto dos G.R.E.S.
Mas em fevereiro
Tenho que suportar os G.R.E.S.
O carnaval
Com seu espírito de festa
Suas cabrochas na avenida
O churrasquinho podro
É uma imposição absurda

Concurso Cultural Gregório's Corporation

Alguém ainda se lembra do concurso que movimentou a maioria dos estudantes de engenharia elétrica da UFMG e boa parte dos usuários da web?

Pra quem não se lembra, as logomarcas finalistas foram estas. Recolhi votos por um tempo, e só agora fui fazer a apuração, e uma surpresa: Dos 29 votos contabilizados, a logomarca número 1 obteve 10, a número dois conquistou 9 votos e a número 3 foi a preferência de 10 votantes.

A pesquisa tinha como objetivo ser apenas uma consulta à comunidade, para observar qual era a preferência de todos. Resolvi eleger como campeãs as logomarcas números 1 e 3, feitas pelo Fred e pelo Ciniro, respectivamente. A partir de agora, as duas passam a representar a empresa, e a premiação do concurso em breve será entregue aos vencedores!

Pra quem quiser se lembrar das logomarcas participantes do concurso, é só entrar no Multiply.