Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2007

Zoo

Observando um elefante sair do banho...

300

Desde que tenho uns dez anos de idade, convivo com a pergunta: "Você já não está muito grandinho pra ler essas coisas?". "Essas coisas" são revistas em quadrinhos, que me acompanham desde que comecei a aprender a ler.
Entre os milhares de quadrinhos com os quais eu tive contato, posso destacar a série "Os 300 de Esparta" como uma das melhores que já li. Isso foi em 1999 e agora, quase oito anos depois, o filme "300", baseado nessa série, tem conquistado o público em todos os lugares em que estreou. Provavelmente no Brasil não será diferente, até porque o filme conta com Rodrigo Santoro como um dos protagonistas, no papel do imperador Xerxes.
O brasileiro tem costume de rotular as histórias em quadrinhos (HQs) como "coisa de criança". A maioria das pessoas pensa assim equivocadamente, pois não sabe que existem quadrinhos para adultos, e que eles são muito populares. Até mesmo Hollywood está descobrindo esse mercado, nos brindando com ótim…

Iabadabadu!

Tchibum!

Ah, minha infância...

Coisas que eu NÃO ENTENDO sobre minha infância:
Coisa número 1: Eu não entendo como eu comia tanta areia no parquinho. Bastava descer o escorregador, e lá estava eu com a boca cheia de areia, cuspindo para todos os lados. Até hoje eu não fui capaz de compreender como a areia ia para dentro da minha boca.
Coisa número 2: Eu não entendo como eu tomava tanto choque nas tomadas. Tudo 110 volts. Felizmente nenhuma dela me trouxe algum dano, apenas pequenos desconfortos no momento do choque e só. Mas hoje em dia eu acho tão difícil conseguir tomar um choque (mesmo fazendo engenharia elétrica)...

Coisas que eu SÓ HOJE EU ENTENDO sobre minha infância:
Coisa número 1: Hoje eu entendo porque os adultos não gostavam de Power Rangers. Por mais que eu achasse o seriado uma das coisas mais legais que existia na TV, eu achava muito estranho o fato de nenhum adulto gostar. Assistindo novamente 10 anos depois eu finalmente percebi o motivo.
Coisa número 2: Hoje eu entendo porque os homens não têm, o costum…

Invasão

Não há nada pior que você fazer pose para uma foto e um engraçadinho brotar do nada e pular na sua frente!

Família, família

Apenas mais uma manhã de sábado na praça da Savassi.

Pessoas com nomes de super-heróis

Sávio Samir, Hélio Aurélio, Clara Camelo, Fernanda França. Nenhum desses é personagem de revistas em quadrinhos, embora os nomes possam sugerir isso. São apenas alguns de meus amigos com nomes de super-heróis.

Completam a lista Angélica Almeida, Daniel Dolabella, Izabela Cancela, Rodrigo Rodrigues, Alberto Aleixo, Guilherme Guedes, Andrea Araújo, Karen Costa, Alexandre Alvarenga, Natália Nássara, Adriano Amâncio, Omar Mattar, Ramon Rossi, Saulo Ceolin, Talita Thâmara, Gustavo Gomes, Raquel Leonel, entre outros.

Mas o que esses nomes têm em comum? Alguém se lembra de quando estudou as aliterações, nas aulas de português? A repetição de sons está presente na maioria das histórias em quadrinhos de super heróis, como exemplifica a lista abaixo:
- Clark Kent, Lex Luthor, Lois Lane, Lana Lang (de Superman);
- Peter Parker, J. Jonah Jameson, Otto Octavius - Doutor Octopus, Green Goblin - Duende Verde (do Homem-Aranha);
- Matt Murdock (o Demolidor, ou Dare Devil);
- Mulher Maravilha (Wonder Woman);

Calouros

Tradicional foto que eu tiro semestralmente, no momento de confraternização calouros x veteranos da engenharia elétrica da UFMG.

Os famosos do meu segundo grau

O Ciniro (vulgo Sayid) estudou comigo no segundo grau, CEFET em Araxá, e recentemente ele colocou essa foto no orkut. Tomei a liberdade de surrupiá-la para o meu blog, dando os devidos créditos, é claro. Isso é só pra vocês verem que só estudei com famosos no meu segundo grau.
Ah, vocês podem clicar na foto para vê-la ampliada!

Glub Glub

Que coisa legal é tirar fotos debaixo d'água!

A Vaquinha da Surfistinha

Pelas minhas estimativas, aproximadamente 16 pessoas leram o meu exemplar do best seller "O Doce Veneno do Escorpião", de autoria da ex-garota de programa Bruna Surfistinha. Acontece que recentemente ela lançou um novo livro!

A única vez que gastei dinheiro com uma prostituta na minha vida foi quando comprei o livro da Bruna Surfistinha, e eu não quero gastar mais com isso. Mas eu queria ler o livro. Por isso sugiro a vocês, a VAQUINHA DA SURFISTINHA!

E como isso funciona?
Cada um dos interessados em ler essa nova obra-prima da literatura brasileira contribui com 1 real. É só ir pra à pé pra faculdade ou ficar um dia sem almoçar pra juntar o dinheiro! Quando eu juntar o necessário para comprar o livro, o farei.

Mas quem vai ler primeiro?
Primeiro eu! Depois, fica sendo por ordem de contribuição. quem pagou 1 real primeiro, lê antes. Como visto no primeiro livro, o estilo de escrita não exige praticamente nada da sua capacidade cerebral, e a fila acaba andando rápido (com "O…

Minha namorada japa é linda!

Mas é só minha, ok?

Super Mario

Gregório Mario e Laura Mario

Tan na tan taran tan, ton!