boo-box

02 agosto 2008

Jogos Mortais (Saw)

Até 4 dias atrás, eu nunca tinha assistido nenhum filme dos Jogos Mortais. Agora eu já vi todos.

Pelo título e pelas campanhas de marketing, eu imaginava que a série era um punhado de historinhas de terror adolescente, onde uma turma se perde ou é perseguida, e ao final de inúmeras mortes gratuitas você descobre qual dos coleguinhas é o assassino. Mas não é assim.

Jogos Mortais, é o mais impactante e surpreendente. Um história inteligente, onde todas as peças se encaixam, com um desfecho fantástico.

Jogos Mortais II repete a fórmula, mas mantém a qualidade. É uma seqüência direta, e vários momentos do primeiro filme são reprisados para que a trama faça sentido.

Jogos Mortais III serve como uma espécie de desfecho da história. Comparado com os dois primeiros longas é inferior, mas ainda assim é um está acima da média.

Jogos Mortais IV é uma história confusa e completamente dispensável. Parece ter sido feito pra aproveitar a marca e gerar mais alguns trocados pro estúdio.

Mas o saldo final é positivo. São filmes que preenchem a sua tarde, te fazem ficar pensando o resto do dia, mas depois que você dorme, nunca mais lembra do que aconteceu e você conclui que os filmes não te acrescentaram nada. Além das duas horas de divesão (ou seria tensão?)

P.S.: Aviso contido no verso de um dos DVDs da série:
"NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS. Contém: Assassinato, Agressão Física, Mutilação, Suicídio, Exposição de Cadáver e Abuso Sexual. Tema: Assassinato em série."

Um comentário: