boo-box

18 setembro 2008

Serpentes à bordo

baseado num causo que me contaram

Era um rapaz meio estranho, usando uma calça marrom com um chinelo de dedo, camisa hippie e cabelo dreadlock. Ele levanta e caminha pelos corredores, esbanjando tranquilidade, enquanto outros passageiros olham com desconfiança. Depois de uns minutos, ele volta em polvorosa:

- Comissário, interdita aquele banheiro porque tem uma cobra lá dentro!

(...)

- Comandante, tem um cara meio doidão, dizendo que tem uma cobra no banheiro. Fui lá e não vi nada...

- Temos que fazer uma parada pra abastecimento. Lá a gente confere.

O avião pousa, e nada de cobra em banheiro nenhum. E decola. De repente um alvoroço: gritos de mulheres e crianças, homens soltando a franga e uns machões querendo matar um visitante: a anunciada cobra, que passeava entre os passageiros. Tadinha, foi decapitada.

Após a confusão, o comissário vai pedir desculpas ao passageiro antes rotulado como louco.

- Tudo bem, eu aceito suas desculpas. Só que essa cobra que vocês mataram aí é vermelha. A que tava lá dentro do banheiro é verde!

2 comentários:

  1. Fala Gregório!
    Achei teu blog com a dica que vc deu do Google.
    Legal o causo que vc contou das serpentes. Mas acho que já ouvi algo parecido antes :P

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. O pior é que haviam 3 serpentes a bordo. Uma delas nunca foi encontrada....

    Muito piada!!!!

    ResponderExcluir