Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Club Social

O Club Social e similares (Minuto, Pit Stop) têm sido uma companhia diária pra mim e meus companheiros de república. Pra você ter uma idéia, na nossa última ida ao supermercado, compramos 1584 biscoitos.A conta é a seguinte: cada embalagem vem com 3 biscoitões, que podem ser divididos em 3, no Club Social, e em 4 no Minuto e no Pit Stop. Assim, temos 9 e 12 biscoitos por pacote, respectivamente.Cada pacote vem embalado junto com mais 5, totalizando assim 6 x 9 = 54, ou 6 x 12 = 72 biscoitos por embalagem.Levando 12 embalagens de Club Social (12 x 54 = 648), 7 de Pit Stop (7 x 72 = 504) e 6 de Minuto (6 x 72 = 432), temos então 1584 biscoitos! A parte ruim disso é que eles não vão durar nem 1 mês inteiro.

A volta ao mundo em quadrinhos

Aprendi a ler só pra poder acompanhar as histórias da Turma da Mônica e compro mensalmente alguns títulos de super-heróis norte-americanos. Mas o mundo dos quadrinhos é bem maior que isso. A seguir, algumas recomendações de hqs de diversas partes do mundo!Brasil - 10 pãezinhos Série escrita e desenhada pelos gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá, os quadrinistas brasileiros mais populares do momento. Trata basicamente de relacionamentos, ou seja, nada de super-heróis e coisas fantasiosas. Moon e Bá ganharam vários Eisner (o Oscar dos quadrinhos) nesse ano, e escrevem semanalmente na revista Época e na Folha de São Paulo.Estados Unidos - Lanterna Verde O Lanterna Verde é considerado um super-herói do primeiro escalão, mas nunca teve a popularidade de um Batman ou Superman.A história "A Guerra dos Anéis", publicada no ano passado nos Estados Unidos recebeu inúmeros elogios de público e de crítica, e agora está saindo no Brasil na revista mensal "Lanterna Verde", lançada em …

Caminho pra praia

Mineiro não tem praia, então quando vai pra perto de alguma fica meio bobo.Disseram que São José dos Campos fica a uma hora do litoral, mas tem um pedaço do caminho que é uma serra meio chata. Vamos conhecer o caminho então?Só pode ser sacanagem...(créditos ao Zé Affonso)

E a torcida do Corinthians...

Após o final do jogo do Corinthians hoje, o goleiro Felipe foi comemorar o acesso à primeira divisão no meio da torcida. Até aí tudo bem. O engraçado foi o número de pessoas que tentou tirar a camisa do jogador a força, para levar de lembrança, como vocês podem ver na foto do site Globo Esporte. Depois a torcida do Corinthians fica com má fama e ninguém entende o por quê...

Oi, São Paulo

A Oi começou a operar no estado de São Paulo hoje, oficialmente. Com uma promoção agressiva que promete 3 meses gratuitos para os novos clientes, conseguiu esgotar os chips em centenas de postos de venda. Eu comprei.E o teste? Sinal fraco o dia inteiro, sendo que no prédio onde passo 8 horas do meu dia o telefone sequer funciona!Vou esperar mais algumas semanas pra ver se vai valer a pena. De qualquer forma, já valeu a pena ter ido de graça no show de lançamento da Oi, com a Pitty e os Titãs, no Parque da Independência. Tá vendo a foto? Eu tava lá no meio!

Um ano mais inspirado

Em 2007, 93 posts foram publicados no gregoriosidades. Com esse post, o desempenho de 2008 acaba de alcançar o do ano passado!Talvez que eu tenha escrito muito mais bobagens esse ano, e ainda tenho pouco mais de dois meses pra ficar divulgando minhas boas (ou más) idéias por aqui. E que 2009 seja um ano ainda mais inspirado.

Um dia a mais

Será que alguém gostou do final de "Um dia a mais" do Homem-Aranha?A história publicada nas edições 81 e 82 da revista do Homem-Aranha tinha como objetivo terminar o casamento de Peter Parker e Mary Jane, e dar uma organizada na vida do aracnídeo, que tinha revelado sua identidade secreta durante a Guerra Civil da Marvel. Pois é, o objetivo foi cumprido, mas a maneira como isso aconteceu não foi nada legal (mas não vou contar como foi).Fato é que agora ninguém no mundo sabe que o Peter Parker é o Homem-Aranha (o que é bom), tia May está viva (não adianta, não tem jeito de matar a velha), e ele nunca foi casado com Mary Jane Watson (o que é no mínimo inverossímil). E agora temos um trintão solteiro, morando na casa da tia!Resta saber se as próximas histórias serão melhores, ou se essa lambança toda foi em vão.

O The Flash

Quando eu era criança, eu chamava o Flash de "o the Flash" (lê-se o Defléche). Provalvemente por causa do filme que passava mensalmente na sessão da tarde.Pelo menos eu sei que não era só eu. Ainda hoje, vejo muito adultos (as crianças da época) se lembrarem do Defléche como herói favorito de suas infâncias.

Quando um herói é cruel

O texto abaixo comenta uma história publicada na revista Liga da Justiça 70. Se você ainda não leu e quer guardar a surpresa é melhor parar por aqui. Existe uma linha que os super-heróis usualmente não cruzam - eles não matam - salvo raras excessões.Na história Justiça-Relâmpago, escrita por Mark Waid, o Flash Wally West quase ultrapassou essa linha.O vilão Inércia era o responsável pela morte do seu primo, Bart Allen. Wally o perseguiu, querendo fazer justiça, mas até que chegou a conclusão: "Não posso cruzar essa linha. Não posso matar Inércia. Por isso faço coisa pior." E ele não matou. Só imoblizou o vilão pra sempre. Agora Inércia fica paralisado, mas consciente, ouvindo e pensando em tempo real, eternamente preso, num corpo congelado. Só que isso é muita crueldade, e o próprio Flash tem consciência disso. E será que se ele matasse o vilão ele teria a sua popularidade abalada? Seria perseguido por religiosos ou proibido pra menores?Não sei se ele fez certo ou errado, n…

Eletricistas elétricos

- Quantos engenheiros elétricos tem aqui?(...)- Poucos...- É eletricista!- Então quantos engenheiros eletricistas tem aqui?(...)- Agora sim, então metade é elétrico e metade eletricista!Um dia me ensinaram que o certo era engenheiro eletricista. Eu achei feio e falava engenheiro elétrico. Mas depois que comecei o meu curso, aprendi a gostar do nome correto.Acontece que tem um tanto de gente que acha ruim, fica bravo, sobe pelas paredes quando é chamado de elétrico. Eu não ligo. Tenho outras coisas pra em preocupar, hehehe...

Algumas observações sobre o VMB

(que me segurou acordado até a 1 da manhã)- Marcos Mion é muito bom mesmo. O problema é que ele sabe disso.- Marcelo Adnet é um forte candidato a apresentador da próxima edição.- A onda emo ainda não acabou, tanto que o NX Zero foi o campeão da noite.- Não gostei de ver a Mallu Magalhães sair sem nenhum prêmio. Mas ela saiu com o Hélio Flanders, e isso provalmente deixa ela muito mais feliz.- Foi bisonho ver o anão da dança do quadrado mandar um créu pro Inri Cristo.- Mais bisonho ainda foi o playback do Bloc Party. Ainda assim, assisti-los no festival Planeta Terra ainda é um dos meus planos pra esse ano.- O grande momento da noite foi a apresentação do Chitãozinho & Xororó com o Fresno. Não era novidade, mas levantou a platéia.- Ainda quero descobrir quem foi a pessoa que sonhou com o Chimbinha na banda dos sonhos. Acompanhado por 2/3 dos Paralamas e um Marcelo D2 chapado.O resultado final disso tudo? Uma noite de sono mal dormida, e pescaria no dia seguinte.