boo-box

11 março 2009

Keane

KeaneApós semanas de expectativa, um congestionamento na capital paulista e um curto show do Fresno, finalmente pude assistir o Keane ao vivo, no Credicard Hall, em São Paulo.

De cara, abriram o show com The Lovers Are Losing, minha favorita. Everybody's Changing fez todo mundo cantar, deixando a banda visivelmente emocionada. Mas foi na quarta música, Nothing In My Way, que fiquei realmente arrepiado.

O vocalista Tom Chaplin desempenhou muito bem o papel de frontman. Andando de um lado para o outro o tempo todo, interagindo com a platéia, e falando várias frases em português. "Esse país é o coração do mundo!", disse em determinado momento do show, após beijar a bandeira brasileira.

O setlist equilibrou músicas dos 3 álbuns da banda, algumas delas em versões acústicas.  Parecia que todas as canções eram hits. A reação da platéia a cada uma delas foi realmente impressionante.

Após cerca de 1 hora e 40 minutos, se despediram, agradecendo a todos e prometendo voltar mais vezes. E se eles voltarem, estarei lá.

Um comentário:

  1. Mulher gosta é de Mineiro, quem mora em São Paulo é bicha.

    =)

    ResponderExcluir