boo-box

04 maio 2009

O Pequeno Príncipe

O Pequeno Príncipe

Li O Pequeno Príncipe pela primeira vez aos nove ou dez anos de idade. Ganhei o livro de presente de aniversário de um amigo. Reli algumas vezes.

É um dos poucos livros infantis que os adultos em geral não se sentem constragidos ao inclui-lo em suas listas de livros favoritos. E creio que muita gente que sequer leu a história inclui o livro na lista – em especial candidatas à miss, big brothers e outras pessoas que não costumam ser reconhecidas pelas suas capacidades intelectuais.

Isso não é um defeito, pelo contrário. Quer dizer que a história é acessível pra qualquer pessoa que a leia – ou nem leia mesmo. E é uma belíssima história.

Mas talvez a capa do livro que está aí em cima não seja familiar pra maioria das pessoas. E o nome do autor está diferente…

É que o quadrinhista Joann Sfar adaptou o texto de Saint-Exupéry para os quadrinhos – e o resultado final foi formidável!

Há algumas mudanças na história, natural das adaptações. Mas a essência está toda lá. E Sfar conseguiu imprimir um estilo próprio à narrativa, respeitando a obra original.

Recomendável para adultos, crianças, e quaisquer outras pessoas que consigam ler!

P.S.: O Pequeno Príncipe ficou a cara do Link, do game Zelda de Gamecube e Nintendo DS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário