Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

Copacabana Club no CCSP

Eu conhecia só 4 músicas da banda. Até porquê a banda só tem um EP lançado, com essas 4 canções, mais 2 remixes.Mas era o suficiente pra me levar ao show do Copacabana Club no Centro Cultural São Paulo, no último sábado.Ao vivo a banda indie-eletrônica tem uma pegada mais rock que no estúdio. Com músicos muito bons e uma vocalista de carisma nivel épico, num lugar cheio de cadeiras ninguém ficou sentado.Show dançante em que as pessoas ficaram tímidas no começo, mas estavam todas em cima do palco na última música. Isso se refere a mim também.Na foto ao lado, cliquei a vocalista Caca V a menos de um metro de distância, durante a canção “Just Do It”.O vídeo da melhor invasão de palco da história (de acordo com a banda) pode ser visto no link do youtube abaixo. Try to find me: A banda irá tocar no festival Popload Gig, no Rio e em São Paulo, em agosto. Altamente recomendável! P.S.1: Momento tiete ao lado!P.S.2: Nunca tinha invadido um palco na minha vida. Na mesma noite, algumas horas dep…

Boas maneiras

Entro no elevador, um humano e um cachorro:- Boa noite!- … (vácuo)- Boa noite!- … (vácuo de novo)Deve ter pensado que eu estava falando com o cãozinho…

Promoção Ludov - Caligrafia

Abram alas, a gente se cruzou
Pr'eu captar os seus sinais
Mecanismo que me apaixonou
Sem o Ludov não vivo mais
http://ludov.com.br/

Leiaute

Sim, foi de propósito. “Leiaute” se escreve assim.Sou um defensor ferrenho da língua portuguesa. Evito usar palavras estrangeiras quando existe equivalente em português. Eu lavo meu cabelo com xampu, se eu vejo “Off” ou “Sale” em uma loja brasileira eu finjo que não é comigo e eu questiono o desempenho de quem fala em performance.Eu não tenho approach nem como hot-dog. Champignon é coisa de démodé.Não tive um affair, não me acho um expert, e nunca trabalhei de freelancer.Mas nunca vou conseguir chamar o bacon de toucinho defumado…Tudo bem, baby?

Pequeno conto infantil

A menininha foi tomar banho com o pai pela primeira vez. Percebeu que ele era um pouco diferente, mas preferiu ficar calada. Saindo do banheiro, encontrou a mãe e perguntou:- Mamãe, por quê o papai tem rabo?

As melhores capas

(dos melhores discos)As capas de discos cada vez perdem mais espaço. Na época do LP, elas eram grandes e cheias de detalhes. Viraram um quadradinho no CD, e no mundo do MP3 ou não existem ou se resumem a uma pequena figura em jpg.
Mas não deixei de dá-las seu devido valor. Resolvi eleger então as 4 melhores capas de discos na minha opinião, com o requisito de que o álbum seja bom também.Ludov - Disco ParaleloLinhas paralelas no disco paralelo. O encarte é o mais criativo que conheço: traz instruções para dobrá-lo, e ao final do "origami" aparece uma capa diferente.
Pato Fu - Ruído Rosa
O preto e o rosa da capa mostram o peso do rock em contraste com a singela voz de Fernanda Takai. Na turnê da banda, era vendida uma camiseta com a ilustração da capa - que se tornou um de meus sonhos de consumo na época. Quando fui ao show, já estava esgotada...
Belle and Sebastian - If You're Feeling Sinister
A garota da capa passa a sensação de que realmente está se sentindo "sin…

Mesmo delivery

Escrita e desenhada por Rafael Grampá, Mesmo Delivery é um dos melhores quadrinhos nacionais dos últimos tempos. Uma trama extremamente violenta, cujos desenhos tem uma ríquissima grandeza de detalhes. A paleta de cores utilizada dá um clima tenso, que consegue ser sombrio e sangrento.O artista já tem um prêmio Eisner (o Oscar dos quadrinhos) no currículo e merece as elogiosas críticas que tem recebido da imprensa e do público.A graphic novel, encontrada em livrarias, custa R$39,90 e tem apenas 56 páginas, o que pode assustar os potenciais compradores. Mas vale cada centavo, e pode mudar sua maneira de ver os quadrinhos.

Liga da Justiça: a Nova Fronteira

Baseado na história em quadrinhos DC: A Nova Franteira, de Darwyn Cooke, o longa-metragem animado saiu direto pra DVD. Teve ótima recepção nos Estados Unidos, mas passou em branco no Brasil. Alguns meses após seu lançamento, finalmente pude assistí-lo.A trama se passa durante a guerra fria, e a população trata os heróis com desconfiança. Superman é uma arma do governo e Batman um foragido. Mas as grandes estrelas são outros heróis.A origem do Lanterna Verde é recontada, e o portador do anel tem um papel importantíssimo na história. Quiçá o mais importante.O Caçador de Marte mostra que é MUITO poderoso. Mas que ele está ao nosso lado. E o Flash prova que é possível se divertir sendo um super-herói.Uma grande vantagem das animações, é que a preocupação com efeitos especiais praticamente não existe. É só desenhá-los. Isso rende ótimas sequências de ação.Capaz de incitar diversas reflexões políticas no espectador, o filme é recomendado pra quem gosta pensar com filmes de super-heróis.E p…

Criança nas estrelas

Procurando o que não perdi na loja de brinquedos, quando um garoto de uns 7 anos para ao meu lado – e escolhe 5 bonecos de Star Wars.- Mãe, eu quero esses!- Não filho, eu não posso comprar todos esses brinquedos pra você!- Mas só tem mais um Darth Vader e um Obi-Wan!- Então vamos levar só esses dois.(…)- Vamos deixar eles escondidos aqui no cantinho da prateleira, e outro dia a gente volta e leva!Hora da minha interferência:- Você não vai levar o último Darth Vader?- Vou sim!- É porque se você não fosse comprar, eu ia levar pra mim…[cara triste do garoto]A mãe pega o brinquedo de volta e se dirige ao caixa. O garotinho fica super feliz. E vou embora com a boa ação nerd do dia realizada. Afinal, um garoto que nunca viu as trilogias no cinema e mesmo assim é fã merece todo o apoio do mundo!

Acordo gramatical

Até o momento, a reforma ortográfica serviu mais pra atrapalhar que ajudar minha vida. A única mudança relevante pra mim foi a retirada do trema – que já tinha sido abolido dos meus textos há anos.Na minha opinião, já que haveria reforma, ela devia ser bem feita, privelegiando a praticidade e simplicidade da escrita. Proponho então oNovo acordo gramaticalpor gregoriosidadescolaborou (rindo) quiproquóTchau K, W e Y: Eles não faziam parte do nosso alfabeto, e não precisávamos deles. O alfabeto com 23 letras já atende aos requisitos!Fim do CH: Se o CH tem som de X, não precisamos dele. Chapéu vira xapéu e chuva passa a ser xuva.H mudo não existe mais: Se o H não é pronunciado, ele é desnecessário.Cada letra tem seu som:C tem som de C, S tem som de S, X tem som de X. Sempre. Isso implica o fim da cedilha e dos SS.Reticência sobrando: As reticências passam a ser representadas com apenas 2 pontos. Um ponto sozinho é ponto final. Dois são reticências.Q fora: O Q não serve pra nada! Vamos usa…

CEFET Araxá promove encontro de ex-alunos

O encontroO 3º encontro de egressos da unidade de Araxá, do CEFET-MG ocorreu no sábado, 4 de julho, no próprio campus. Esse ano houve recorde do número de inscritos, mais de 60 ex-alunos dos quatro cursos: eletrônica, mineração, mecânica e edificações.O evento foi aberto pelo diretor prof. Vicente Donizetti e pelo coordenador de programa de estágio e organizador do evento, Edinilton, que falaram da satisfação em receber os ex-alunos.Na sequência, os participantes se reuniram com os professores de seus cursos e puderam falar sobre suas experiências profissionais. Um passeio pelos novos prédios e laboratórios da unidade foi realizado.O evento terminou com uma grande confraternização, com churrasco, almoço e música, que durou toda a tarde.O próximo encontro de egressos está programado para julho de 2010.Resgate da memóriaDurante o encontro, o prof. Edilson Palhares apresentou o projeto de resgate da memória do CEFET Araxá que está liderando. Trata-se de um grande arquivo digital de foto…

Começa a Crise Final

O leitor de quadrinhos de super-heróis espera em média 1 ano até que as revistas lançadas nos Estados Unidos saiam no Brasil.Qual a motivação então pra ler uma série que foi fracasso de público e crítica?A “Crise Final” é a próxima grande saga da DC Comics a sair no Brasil, e teve uma péssima recepção nos EUA.Foi antecedida pela série semanal “Contagem Regressiva”, que durou um ano e está se aproximando do final aqui no Brasil. É uma série mediana, cheia de altos e baixos (com mais baixos que altos), escrita por gente super competente. Mesmo assim não deu certo. De qualquer forma, vou lê-la até o fim porque eu acabo gostando de algumas coisas.Outra série, “Prelúdio para a Crise Final”, que deveria ter 13 edições, foi descontinuada na número 10.Depois de toda essa espera, finalmente a malfadada Crise Final vai começar a ser publicada no Brasil.No final de junho, foi lançada a edição especial “Começa a Crise Final”. Apenas 36 páginas, sendo 10 de propaganda, ao custo de R$4,50. Uns peda…