boo-box

23 agosto 2009

Brüno

bruno

Brüno, novo filme de Sacha Baron Cohen (de Borat), é no mínimo inusitado.

Recheado de piadas de mau-gosto, precocentuosas e machistas, o filme é inquietante quando deveria ser engraçado e vice-versa.

Fico pensando em quem seria o público alvo do longa-metragem. A maioria dos homens, não se sentiria à vontade vendo um filme com temática homossexual. As mulheres ficariam incomodadas com o machismo exacerbado. E os gays podem se ofender com a forma caricata e escrachada que são retratados. Mesmo assim, muita gente foi ao cinema…

Longe de ser uma obra-prima, é um filme acima da média que merece 90 minutos do seu tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário