boo-box

09 janeiro 2010

A volta dos infinitos gibis

Cebolinha 28 Em abril do ano passado, a revista do Cebolinha (número 28) foi assunto em muitos sites é fóruns de quadrinhos. Tudo por causa da elogiadíssima história “A fuga pelos infinitos gibis”, que trazia referências desde a “Crise nas Infinitas Terras” da DC Comics, passando por Calvin e Haroldo, Asterix, Mickey, Padrinhos Mágicos, Peanuts, Garfield, Simpsons, Luluzinha, entre outros. Interessante notar que não há referências a super-heróis (a não ser no título).

Cascão 37 Em janeiro desse ano, a revista do Cascão (número 37) trouxe “A volta dos infinitos gibis”. O miolo da história segue a mesma base da revista do Cebolinha, mas dessa vez o troca-letras foi substituído pelo Capitão Feio. Tintin, Mafalda, Looney Tunes, Mortadelo e Salaminho, Iznogoud, Recruta Zero, Lucky Luke, Hagar, Bob Esponja, Menino Maluquinho e Dênis, o pimentinha são alguns dos personagens “visitados” na trama. No final, uma revelação feita na década de 70 é apresentada às novas gerações de leitores.

Ambas as histórias fogem do tradicional, e por isso agradam também àqueles que não costumam ler ós gibis da turminha. Principalmente, os bons conhecedores dos quadrinhos. E de certa forma, isso atrai novos leitores, mesmo que eventuais.

Um comentário:

  1. Anônimo2:20 PM

    Assim como eu que costumo ler mais " turma da mônica" mas lendo estes gibis teve-se um conheçimento sobre outros personagens.
    Como você disse "não tem super-heróis" pois as crianças hoje não conheçem Axterix, luluzinha etc.. os heróis estão se tornando "propaganda", e fazem com que ninguém se interessa por outras histórias que são as melhores.
    O gibi" a volta dos infinitos gibis" tráz um conheçimento com criatividade para a nova geração.

    ResponderExcluir