boo-box

01 fevereiro 2010

Cranberries em BH

Cranberries BH Carregando a bandeira de Minas Gerais, Dolores O’Riordan entrou no palco do Chevrolet Hall e foi ovacionada pela plateia. O começo da de How, primeira música da noite, mal pode ser ouvido, tamanha a histeria do público.

Animal Instinct e Linger deram sequência à apresentação – deixando os presentes já em êxtase.

A banda, muito competente, reproduziu cada timbre, cada solo, cada trecho das músicas exatamente como nas gravações de estúdio. Mas a impressão é que eles eram apenas um cenário em total contraste com a presença de público da vocalista O’Riordan. Parece que ela faz com que cada pessoa que está no show se sinta especial, e não apenas mais um na multidão.

Os principais hits estiveram presentes. Free To Decide, Zombie, Salvation, Promises, Ridiculous Thoughts. Aliás, pelas circunstâncias do show era isso que se esperava. Sem lançar um disco de músicas inéditas desde 2001, e sem tocar juntos desde 2003, nada mais natural para um show de reencontro da banda que tocar suas canções mais famosas. E isso também é ótimo para o público.

Eu aproveitei ao máximo. Cantando metade de 50% das músicas, pulando, dançando, e em ótima companhia. Saí molhado como se tivesse tomado chuva, mas era suor.

Dreams fechou o show, de forma inesquecível. Foi mesmo um sonho.

P.S.: Os Cranberries marcaram muito minha adolescência, no final do século passado. Meu irmão tinha uma banda que tocava os principais hits dos irlandeses, e a vocalista com uma voz parecidíssima com a de Dolores O’Riordan. Era como se eu tivesse os Cranberries ensaiando no quintal de casa várias vezes por semana.

Foto de Ѽ ¢яïร km.

2 comentários:

  1. Muito bom !
    Parabéns

    Esse show foi simplismente perfeito, e eu ainda fiquei com a menina que eu sou apaixonado =)

    ResponderExcluir
  2. Foi perfeito o show.
    Achei que depois que fui no Iron Maiden e vi todo o espetáculo em cima do palco eu não me surpreenderia com mais nada.
    Me enganei profundamente.
    Nunca havia visto um show tão lindo como este do Cranberries. É inexplicável.
    Depois que cheguei em casa ainda ouvi o álbum Stars mais duas vezes.

    Usei a sua frase sobre a Dolores no palco em alguns lugares, ela diz basicamente tudo o que pensei na hora do show. Ela nos dá uma atenção totalmente especial, quase que personalizado.

    ResponderExcluir