boo-box

03 abril 2010

A caixa

A Caixa

A caixa parte de uma premissa interessante: um casal recebe uma caixa com um botão e tem 24 horas pra tomar uma decisão. Caso o botão seja apertado, uma pessoa que eles não conhecem morre e eles ganham 1 milhão de dólares. Se não apertarem, nada acontece.

O tema poderia render horas e horas de conflitos éticos, mas isso se rende apenas aos primeiros minutos do filme.

Depois disso, a trama parte para uma ficção científica com poucas explicações, que tenta se justificar citando Arthur C. Clarke ao dizer que “Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível da magia.”  E o filme, apesar de relativamente curto, fica muito chato.

Procure outras opções no cinema. Você não precisa assistir A caixa para se divertir.

2 comentários:

  1. Também não gostei de "A Caixa". O começo até nos envolve, mas o desenrolar de história se torna chato e meio "sem noção".

    ResponderExcluir
  2. Anônimo5:35 PM

    O filme é muito bom sim. Tem uma ótima história que mistura filosofia moral com ficção cientifica da melhor qualidade. Respostas prontas e dadas em uma bandeja é pra jacú.

    ResponderExcluir