boo-box

08 maio 2010

Alice, o mangá

Alice no país das maravilhas - Sakura Kinoshita - Mangá Newpop

Alice no país das maravilhas já foi recontada e reinventada uma infinidade de vezes. Com o recente lançamento do filme de Tim Burton, a editora NewPOP aproveitou pra colocar nas bancas o mangá homônimo, de autoria de Sakura Kinoshita.

Embora só tenha saído no Brasil agora, ele foi lançado no Japão em 2007 – o que de antemão elimina as críticas que poderiam tratá-lo como oportunista.

O mangá, ao contrário das duas adaptações para o cinema da Disney,  é muito fiel ao livro. Alice segue a linha do livro de Lewis Carroll, com a mesma sequência de acontecimentos. A maior liberdade criativa da autora foi mudar o visual de Alice (roupa e cabelo) a cada capítulo.

Mas as 64 páginas de quadrinhos parecem ser pouco para contar a história. Fica tudo muito resumido, e as coisas acontecem muito rápido. Talvez quem não conheça a história deixe alguns detalhes passarem em branco.

Os desenhos são bonitinhos e muito agradáveis de se ver. No entanto, o traço da mangaka dá a impressão de “já vi isso antes”. O resultado final dá uma sensação de vazio é tudo muito previsível e sem inovações.

Ao final da história, há 15 páginas de “extras”. Esboços, textos e curiosidades sobre o processo de criação. Interessante para quem quer se tornar um autor e para os que são apenas curiosos.

A edição nacional ficou muito caprichada, méritos da NewPOP editora. Embora seja vendida em bancas, tem acabamento de livro. Todo colorido, capa cartonada com orelhas e borda quadrada. E o preço, de R$12,00 é bem acessível pela qualidade gráfica.

É um bom mangá, rende 20 minutos de diversão. Mas se tiver que priorizar seus gastos, é melhor investir numa revista do Lanterna Verde.

Leia também:

Alice, de Tim Burton

Aventuras de Alice no País das Maravilhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário