Pular para o conteúdo principal

Os filhos do Koopa

Traduzido e adaptado de Slothbot (sob autorização)

Bowser Jr

Bowser Jr. é uma figura frequente nos jogos do encanador mais famoso do mundo dos videogames. Ainda assim, enfrentá-lo chega a ser entediante se compararmos com seus sete irmãos mais velhos. Lemmy, Roy, Ludwig Von, Morton Jr, Wendy O., Iggy e Larry, que já têm 22 anos desde suas primeiras aparições no clássico jogo de Nintendinho Super Mario Bros 3.

Recentemente, New Super Mario Bros Wii resgatou essas personagens, talvez as de apelo mais cult do mundo dos cogumelos. Parte da popularidade dos koopalings (os 7 irmãos também são conhecidos por esse nome) se deve ao fato de que foram baseados em personalidades do mundo da música e do showbiz.

Iggy KoopaIggy Pop é amplamente considerado como a inspiração para Iggy Koopa. Ele também é considerado como um dos precursores do heavy metal e principalmente do punk rock como nós conhecemos hoje. Pop tocou com sua banda, The Stooges, no início dos anos 1970 e se tornou um roqueiro famoso, expondo-se às multidões e muitas vezes deixando os shows coberto de sangue, suor e vômito. Recentemente, ele voltou para o estúdio com The Stooges para gravar um novo álbum "The Weirdness" (2007). Iggy Pop veio ao Brasil acompanhado de sua banda no ano passado, e fez uma apresentação memorável no Planeta Terra Festival.

Wendy O. KoopaBem como Iggy Pop, Wendy O. Williams foi uma roqueira famosa e está entre as mulheres mais controversas do rock and roll dos anos 70. Ela e sua banda, The Plasmatics, eram bastante conhecidos pelo seu heavy metal e punk rock bem como por suas excentricidades no palco que incluiam serrar guitarras, martelar televisores, explodir o próprio equipamento. Em 1981, Wendy foi absolvida de uma acusação de obsenidade por tocar vestindo nada além de creme de barbear. Williams suicidou-se em 1998 com um tiro na cabeça.

Lemmy KoopaLemmy Kilmister é membro fundador do Motörhead e é considerado uma das lendas vivas do heavy metal. Seu status de respeito na comunidade do metal pesado é melhor ilustrado por uma frase dita por Steve Buscemi no filme Airheads:
"- Quem ganharia em uma luta - Lemmy ou Deus?"
"- Pergunta fácil - Lemmy É Deus."

Além de Motörhead, Lemmy também já atuou em alguns filmes pelo estúdio de cinema independente Troma. Mais notavelmente, ele foi o narrador em Tromeo and Juliet. O Motörhead recentemente ganhou um Grammy por sua contribuição para o filme do Bob Esponja (!!). A música “Ace of Spades”, do Motörhead pode ser vista no jogos Guitar Hero e Tony Hawk Pro Skater 3. Roy KoopaRoy Orbison é considerado a inspiração por trás de Roy Koopa. Pioneiro do rock and roll, Orbison é o cantor e compositor por trás de "Oh, Pretty Woman", "Only the Lonely" e "Crying", entre outras. Seus estilos musicais influenciaram muitas bandas de rock que vieram depois dele, incluindo os Beatles, que citam "Only the Lonely", como uma inspiração para a canção "Please Please Me".

Ludwig Von KoopaUm dos koopalings com o nome mais óbvio, Ludwig Von Koopa é assim chamado em homenagem a Ludwig Von Beethoven. Além de ser um gênio musical, escrevendo algumas das peças mais conhecidas em toda a história da humanidade e inspirando sociopatas fictícios, ele era também um ávido fã de xadrez e amigo de um homem que inventou o Turk, um precursor primitivo do Deep Blue, o moderno computador que joga xadrez hoje em dia. Claro, o Deep Blue é uma maravilha complexa da computação. O Turk foi apenas uma brincadeira era apenas um jogador de xadrez de alto nível em uma caixa.

Morton Koopa JrMais conhecido como o padrinho de talk shows trash, Morton Downey Jr. não é um cara particularmente bom para dar o nome a um personagem do universo do Mario. Seu talk show se tornou popular na década de 80 devido principalmente aos seu costume de gritar, insultar ou agredir verbalmente seus convidados ou qualquer um que não concorde com ele. Sua influência pode ser visto mais tarde, intencionalmente ou não, nos mostra como o Jerry Springer, Ricki Lake e até mesmo Bill O'Reilly. Ele se tornou um ícone da cultura pop de curta duração, principalmente por ser um tagarela idiota. Em uma história que muitos acreditam que foi um boato, Morton, na tentativa de recuperar seu status de celebridade, desapareceu no final dos anos 80 e foi encontrado no San Francisco International Airport com uma suástica nazista pintada no rosto, que segundo ele foi o trabalho de neo-nazis que tinham o agredido. Nenhuma evidência foi encontrada para apoiar esta alegação. Downey morreu em 2001 de câncer de pulmão.

Larry Koopa

Ninguém está realmente certo acerca da inspiração do nome para Larry Koopa . Larry King é a escolha mais comum. No entanto, apesar de King ser como Morton Downey Jr, um apresentador de talk show (de um talk show digamos, mais elegante, mas ainda a mesma carreira), ninguém parece muito convencido de que este é homônimo para Larry Koopa. Se você tem outra suposição, escreva nos comentários. O Slothbot aposta que a inspiração foi Cousin Larry do seriado Perfect Strangers. Outras possibilidades são os atores Larry Hagman e Larry Storch. Acho melhor perguntar para o Shigeru Miyamoto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pista premium, essa aberração dos shows no Brasil

O cantor inglês Ed Sheeran tocou ontem em Belo Horizonte em uma apresentação cheia de altos e baixos. Um problema que chamou a atenção foi o tamanho da semi-deserta pista premium. A impressão que dava é que nem um terço do espaço dedicado ao pessoal que pagou o dobro do preço estava ocupado. A foto abaixo tirada durante a apresentação do cantor dá um noção do vácuo existente.


A organização foi no mínimo incompetente para dimensionar o espaço. Fica feio e desagradável tanto para o público quanto para o cantor.

Reproduzo a seguir um texto que escrevi em 2014 para o Move That Jukebox onde falo um pouco sobre esse costume indigesto dos promotores de shows no Brasil.

******
O abismo entre a pista comum e a pista premium

A simples existência de uma pista premium em um show é o suficiente para prejudicar (e muito) a experiência de quem não está nela. Acho natural cobrar valores diferentes para lugares diferentes, mas desde que o lugar esteja marcado. É justo que a cadeira da primeira fila ten…

O que acontece se um vampiro morder um zumbi? E se um zumbi morder um vampiro?

Já parou pra pensar no que acontece quando um vampiro morde um zumbi? Será que o zumbi vira um vampiro? E quando a situação é a inversa? Será que uma mordida de zumbi transforma o ser de dentes pontudos?
Tanto vampiros quanto zumbis são seres que podem ser classificados como "mortos-vivos". Isso significa que, apesar deles conseguirem executar certas ações que usualmente apenas os seres vivos são capazes, eles estão mortos. Na prática, se um vampiro morder um zumbi ou vice-versa não acontece nada. 

A razão desse efeito (ou da ausência de efeito) é que os zumbis mordem apenas seres vivos. Por esse motivo, eles não mordem outros zumbis, vampiros e múmias, por exemplo.
Por outro lado, os vampiros precisam se alimentar de sangue de seres vivos. E, embora os zumbis tenham sangue circulando em suas veias, eles já estão mortos.
Assim sendo, se um vampiro cruzar com um zumbi, certamente eles não se atacarão. E mesmo supondo que seja um vampiro doidão que queira morder um ser um put…

Quanta inovação pode conter um chinelo?

Não, eu não vou falar das Havaianas. A história da fabricante de chinelos brasileira que coloriu seus chinelos (que eram) feiosos e passou a ser um ícone da moda mundial já foi suficientemente explorada como exemplo de inovação no mundo dos negócios.

Eu vou falar é da Florine Chinelos, marca bem menor, mas com um produto interessantíssimo e um potencial de crescimento tremendo. Conheci a história da empresa em uma palestra de Alexandre Robazza, do SEBRAE SP.


Parece bucha de banho, né? Mas na verdade é o mesmo material utilizado para fazer tapetes. Aliás, o chinelo foi criado numa fábrica de tapetes.
Incomodado com as tiras que sobravam na fabricação dos tapetes, o criador do produto Carlos Gasparini, buscava alguma utilidade para os retalhos, até que um dia teve a ideia de fazer um chinelo. Após várias tentativas e com o protótipo em mãos, foi procurar o SEBRAE.
Com o apoio do SEBRAE, patenteou o produto, registrou a marca e começou a produção. Claro que não foi da noite para o dia, h…