boo-box

13 março 2011

Aline, dos quadrinhos para a TV

(e para a lista de séries canceladas)

Aline  - Fantasias UrbanasEu tinha uns doze anos, e diariamente recortava minhas tiras preferidas das páginas da Folha e do Estado de São Paulo pra colar em um dos meus cadernos de tiras. Uma de minhas favoritas tinha o título “Big Bang Bang”. Escrita e desenhada por Adão Iturrusgarai, trazia as aventuras de Aline e seus dois namorados. Ousadas, surreais, exageradas, as tiras me divertiam à beça. Cheguei a comprar três livros de coletâneas, que foram lidos e relidos diversas vezes.

Quando as tiras foram adaptadas para a TV, em 2009, achei o máximo. A versão da Rede Globo era uma versão extremamente diferente dos quadrinhos, bem mais leve, com menos sexo, menos drogas e menos qualquer outra coisa que pudesse chocar a conservadora sociedade brasileira – exceto o fato dela ter dois namorados. Ainda assim, muito divertida.Aline e seus dois namorados

Em 2011, uma segunda temporada começou a ser transmitida, mas depois do quarto episódio, o seriado foi cancelado. De acordo com o que foi divulgado pela Rede Globo, o motivo foram os baixos índices de audiência. De acordo com o criador da personagem, Adão Iturrusgarai, a série incomodava alguns setores mais conservadores da Globo.

É uma grande injustiça. Chega a ser irônico – e contraditório - a série ser cancelada e a emissora rechear toda a sua programação com mulheres peladas no carnaval, e ainda considerar toda a baixaria do Big Brother um programa para a família.

Há mais três episódios gravados, que bem que poderiam sair em DVD – assim como todo o resto da série. Coloca um selinho +18 na embalagem que tá resolvido.

A parte triste disso tudo é que com o cancelamento da série, a Globo voltou à mesmice sem graça de sempre. E pra mim, vai continuar sem ser sintonizada – como costumava ser.

2 comentários:

  1. Anônimo7:19 PM

    Acho que o que pesa mais é a audiência mesmo, só isso importa pra essas emissoras... Por isso não vejo TV!

    ResponderExcluir
  2. Quer dizer que aos doze anos você já colecionava material adulto?


    Tôzuano!

    ResponderExcluir