boo-box

06 fevereiro 2012

Síndrome da vibração fantasma

pacman-ghosts-tshirtJá ouviu falar da síndrome da vibração fantasma? Até ler a Wired desse mês eu nunca tinha visto esse termo, mas agora eu já sei que ele existe, e eu sou um portador. Conhecido pela sigla PVS (Phantom Vibration Syndrome), o fenômeno ocorre quando um usuário de telefone celular imagina que seu aparelho está vibrando no seu bolso, quando na verdade isso é apenas uma alucinação tátil. E descobri que além de mim, outros bilhões de pessoas também sofrem os mesmos efeitos.
De acordo com o texto de Brendan I. Koerner, a origem da PVS ainda não foi descoberta, mas há três hipóteses:
1 – A radiação do telefone celular provoca a tremulação dos músculos da perna.
2 – O efeito é causado por desconforto gastrointestinal.
3 – A PVS é um efeito colateral do stress.
Ao assumir que a causa mais provável é terceira, uma solução potencial é desligar o alerta vibratório do telefone e utilizar apenas o sonoro. Creio que funcione, mas provavelmente deve gerar o efeito colateral da “síndrome do som fantasma”.
E você, também acha que seu telefone está sempre tocando?

4 comentários:

  1. Certa vez, uns dois anos atrás, quando vim pra BH, eu estava tão estressado e sob pressão que ouvi meu celular tocar por diversas vezes. Dentre essas vezes várias não eram reais. Buzinas de carros ou o som da TV de alguma forma eram entendidas pela minha cabeça como o som do celular. Foi muito ruim.. mas passou. A PVS também me acontece muito, contudo só quando estou esperando ligações ou mensagens.

    ResponderExcluir
  2. Colaboração para o Gregório mode estatístico.
    Eu tenho os dois: som e vibração fantasma.

    ResponderExcluir
  3. Carol Porto8:35 PM

    Hahaha eu sofro desta síndrome... :P
    Mas tenho uma nova teoria, o atrito da calça jeans com o celular no bolso faz parecer q está tocando....

    ResponderExcluir
  4. Anônimo7:34 PM

    Eu acho que vivi uma situação mais bizarra ainda. Um dia, senti que houve uma vibração, iagualzinha à do celular, mas na minha cabeça. Durou uns três segundos.É como se o celular estivesse vibrado dentro do lado direito de minha cabeça. Af!

    ResponderExcluir