boo-box

31 agosto 2012

Pequeno conto infantil

No zoológico, a garotinha curiosa observava os animais enquanto ouvia as explicações de seu pai:
- Aquele pássaro bonito e colorido ali é o papagaio.
- E quem tá com ele é a mamãegaio?

15 agosto 2012

A história da Lego

Sempre gostei de Lego. Quando muito pequeno, tinha algumas peças do Lego Duplo (aquele das peças gigantes, que não podem ser engolidas) e depois ganhei alguns dos kits com as peças tradicionais.

Provavelmente era o brinquedo que passava mais tempo brincando, mais até que videogame. E tenho certeza que, de alguma forma, a Lego contribuiu para o meu desenvolvimento intelectual.

Lego Store

Nesse mês a empresa dinamarquesa completou 80 anos, embora os famosos tijolinhos tenham “apenas” 54 anos. Ao menos em relação à Lego, minha infância foi parecida com a de muitas crianças. E ainda é.

Para comemorar a data, a empresa produziu uma animação de 17 minutos no melhor estilo dos filmes da Pixar. Está em inglês, mas é fácil de entender. É uma história bonita, divertida e que fortalece o vínculo dos fãs com a marca. Entre idas, vindas, descrenças e vários recomeços, a Lego se tornou um sucesso e ainda hoje é exemplo de inovação.

12 agosto 2012

Qual Spice Girl é mais popular?

Com a reunião das Spice Girls para o encerramento das Olímpiadas de Londres, as garotas que fizeram o girl power tão popular nos anos 90 voltaram às manchetes.

Após o fim do grupo, todas seguiram carreira solo, mas a única que continua firme e forte no mundo da música é Melanie C que, mesmo longe dos tempos áureos do grupo, continua lançando novos álbuns numa frequência significativa.

Spice Girls

Para saber por onde anda cada uma delas e descobrir quem é a mais popular, consultei os registros do Last.FM (obrigado, big data!) desde 2002 para montar o ranking. As informações adicionais vieram da Wikipédia.

Melanie BMelanie B é a menos ouvida entre as Spice Girls, com suas músicas tendo sido executadas 379.492 vezes desde que o Last.FM existe.  Melanie Brown lançou 3 álbuns de estúdio, o último deles em 2010.

Música mais popular hoje: Feels So Good

 

Victoria BeckhamVictoria Beckham (que já foi Victoria Adams) é a 4ª do ranking com 831.301 execuções de suas músicas. Teve apenas um disco lançado oficialmente, e dois cancelados (distribuídos online alguns anos depois). Já anunciou que tinha abandonado a música, mas isso não a impediu de continuar lançando músicas inéditas (contraditório, não?)

Música mais popular hoje: A Mind Of Its Own

Emma Bunton

A terceira colocada, com 1.763.636 execuções é Emma Bunton, que lançou três álbuns. O último é de 2006, e tem influências até mesmo de bossa nova. Atualmente se dedica mais à TV que à música.

Música mais popular hoje: What Took You So Long

Geri HalliwellPrimeira a sair em carreira solo, Geri Halliwell lançou três álbuns, mas desde 2005 não grava nada de novo. Em popularidade, está em segundo, mas bem próxima de Emma, com 1.995.922 execuções. Virou um ícone GLS e seu maior hit até hoje é um cover de It’s Raining Man.

Melanie C

No topo da popularidade pós-Spice Girls, está Melanie C. Foi a única a gravar algo novo em 2012, e é a que tem a discografia mais extensa entre as cantoras. No Last.FM totaliza 4.808.350 execuções, que é um número praticamente igual à soma de todas as outras somadas.

Sua faixa mais popular hoje é Think About It.

Nenhuma delas, no entanto, chega perto do sucesso do grupo. Mesmo há 12 anos sem lançar nada, as Spice Girls permencem sendo ouvidas, com 11.108.208 execuções no Last.FM. E nenhuma de suas músicas supera a popularidade do primeiro single Wannabe.

10 agosto 2012

Não acredito em fair play no futebol

Olha só o que a FIFA chama de "fair play":
O fair play é um elemento essencial do futebol. Ele representa os benefícios de cumprir as regras, ter bom senso e respeitar jogadores, árbitros, adversários e torcedores.

Mas pra mim não adiantam as campanhas de marketing, as faixas nos estádios nem os dias de homenagem ao fair play. Na prática, no calor jogo, isso se resume a chutar a bola pra lateral quando tem um jogador caído no chão.

A cultura do futebol é uma cultura de malandragem. Se um jogador é tocado por um adversário ele pula no chão e faz a maior encenação, de forma a tentar forçar o juiz a marcar uma falta. Isso acontece às vezes quando o jogador nem é tocado. Fair play? De forma alguma.

E quando um gol é feito e validado pelo árbitro após um toque de mão? Será que o time favorecido vai avisar o juiz que ele errou e pedir pra anular o gol?

O jogo justo não existe, o que importa é a vitória. Com gol de mão, em impedimento, ou com faltas não marcadas. A culpa é sempre do juiz, que errou. E pra continuar assim, a FIFA se mantém resistente ao uso da tecnologia como forma de auxílio à arbitragem.

Não espero que isso mude, nem quero. Só acho que falar em "fair play" no futebol é balela, até que me provem o contrário.