boo-box

14 janeiro 2013

Como cedi ao Crocs

Parece unanimidade dizer que o Crocs é horroroso. Um calçado de borracha de peça única, desproporcional ao tamanho do pé humano, não tem como ser apreciado pela sua beleza. Ainda assim é um sucesso de vendas em diversos países - no Brasil, inclusive.

Resisti por anos até colocar um Crocs no pé. Pasmem, é muito confortável. É o típico produto em que o conforto compensa a feiúra.

Passei uns dias no Uruguai e notei que lá o Crocs é muito popular. Arrisco dizer que tanto quanto as Havaianas são no Brasil (que também são encontradas no país vizinho, mas a preço de ouro). Achei que um Crocs poderia ser útil na minha visita pela possibilidade de ser utilizado tanto em longas caminhadas quanto nas visitas às praias. E comprei o danado.

Mas laranja? Sim. Eu queria preto, mas estava esgotado em todas as lojas possíveis. Foi a única cor disponível para o meu pé. De qualquer forma, não creio que alguma cor no mundo faria o calçado ser bonito.

Mas que é confortável, isso é! Os Crocs são como pantufas que podem ser usadas em público, fora de casa.

Se me virem usando essa pata de dinossauro laranja, não riam de mim. Tenho consciência de que não é o calçado mais adequado para um desfile de moda, mas saibam que meus pés estarão sorrindo de alegria.

3 comentários:

  1. Angélica8:26 PM

    Adorei seu texto.

    ResponderExcluir
  2. Valéria, sua prima querida.8:59 PM

    Eu adoro o meu!
    De tanto que usei tá com o solado lisinho.
    Preciso de outro pra evitar meus constantes escorregões. rsrs
    Devia ter te encomendado um...
    Achei o máximo vc comprar pra vc, viu?
    Sempre me surpreendendo!...
    bjoooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O preço lá era praticamente o mesmo do Brasil, não ia fazer diferença.

      Excluir