Pular para o conteúdo principal

El Museo Del Fútbol @ Estadio Centenario

 

Um dos passeios mais legais de Montevidéu, no Uruguai, é o Museu do Futebol (pra quem aprecia o esporte, é claro). 

O museu fica no Estadio Centenário, um estádio relativamente pequeno para os padrões atuais, mas que foi sede da primeira Copa do Mundo, sediada e vencida pelo Uruguai em 1930.


O uruguaio parece ser tão apaixonado pelo futebol quanto os brasileiros e, naturalmente, o museu celebra a história do esporte no país, sem deixar de expor os destaques do esporte ao redor do globo.


Um dos episódios com maior destaque é a final da Copa de 1950 vencida pelo Uruguai sobre o Brasil no Maracanã. Acho que a melhor final possível para a Copa de 2014 seria Brasil x Uruguai. E se fosse assim, qualquer resultado seria fantástico: tanto a revanche brasileira quanto uma nova vitória uruguaia.


Curiosamente, o único clube que tem um espaço exclusivo no museu é o Cruzeiro. Mas isso tem um motivo: um vice-presidente do time, em uma visita ao museu, levou a bandeira e camisa do time, acompanhadas de uma réplica em miniatura da taça da Libertadores, de presente para o espaço. Tiveram que arrumar um local para expô-las.

Aos atleticanos enciumados, sugiro que peçam ao presidente do clube que leve os mesmos presentes cruzeirenses junto com uma réplica da taça de campeões do gelo ou qualquer outro título internacional do Galo.


Dicas*:
- Vista a camisa do seu time do coração, todo mundo que visita o local faz isso.
- O museu fica aberto de quarta a domingo, programe-se para não correr o risco de chegar lá e ele estiver fechado.
- Lá eles aceitam pesos uruguaios, dólares e reais, além de cartões de crédito.
- A entrada custa 100 pesos uruguaios (pouco mais de 10 reais).
- Vá de ônibus, é rápido e barato. Se estiver na região da Ciudad Vieja, você pode pegar os carros de números 100, 102 ou 103 na Avenida 18 de Julio e descer no segundo ponto da Avenida 8 de Octubre (consulte outros itinerários aqui). 
- Duas horas são tempo o suficiente para a visita, exceto para pessoas detalhistas demais ou super apaixonadas por futebol.
*informações de janeiro de 2013

P.S.: A camisa do Araxá Esporte fica muito mais bonita quando cruzo os braços e eles escondem o logo do patrocinador, não fica?


Comentários

  1. Angélica12:24 AM

    Gostei do texto e adorei o P.S.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo3:14 PM

    Não é a camisa do Araxá... VOCÊ é que fica bonito de qualquer jeito...rsrs . Gostei do texto tb. Bjo da Prima que vc mais gosta...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

(Re)instalando o Android 4.1.2 no Samsung Galaxy S3

Atualizado em 18 de maio de 2013 No começo de fevereiro, Samsung Brasil fez a alegria dos proprietários do Galaxy S3 ao liberar mais uma atualização do Android para o aparelho. Conhecida como Premium Suite, a nova versão do firmware tem o Android Jelly Bean 4.1.2 com diversas customizações da fabricante coreana. Acontece que alguns aparelhos passaram a apresentar inúmeros problemas após essa atualização (o meu entrou nessa lista). Procurei em diversos fóruns e sites a solução, e acabei não encontrando. Apenas constatei que eu não era o único que estava angustiado. Entre os problemas apresentados após a atualização, estão: Telefone não carrega a bateria ao plugar na tomada; Aparelho desliga sozinho; Aplicativos travam, forçando o reinício do sistema operacional; Sobreaquecimento; Telefone não recebe dados conectado ao Wi-Fi; Lentidão extrema; Interface TouchWiz sem fluidez; Consumo excessivo de energia. Meu telefone apresentou quase todos esses sintomas. Isso é meio

O que acontece se um vampiro morder um zumbi? E se um zumbi morder um vampiro?

Já parou pra pensar no que acontece quando um vampiro morde um zumbi? Será que o zumbi vira um vampiro? E quando a situação é a inversa? Será que uma mordida de zumbi transforma o ser de dentes pontudos? Tanto vampiros quanto zumbis são seres que podem ser classificados como "mortos-vivos". Isso significa que, apesar deles conseguirem executar certas ações que usualmente apenas os seres vivos são capazes, eles estão mortos. Na prática, se um vampiro morder um zumbi ou vice-versa não acontece nada.  A razão desse efeito (ou da ausência de efeito) é que os zumbis mordem apenas seres vivos. Por esse motivo, eles não mordem outros zumbis, vampiros e múmias, por exemplo. Por outro lado, os vampiros precisam se alimentar de sangue de seres vivos. E, embora os zumbis tenham sangue circulando em suas veias, eles já estão mortos. Assim sendo, se um vampiro cruzar com um zumbi, certamente eles não se atacarão. E mesmo supondo que seja um vampiro doidão que queira m

Anderlaine

Meu e-mail é "Gregório underline Fonseca @ Gregório's Corporation ponto com". Sabe onde está o erro? No underline . Na verdade, não existe nenhum e-mail no mundo com underline . Nem o seu. A origem dessa designação para o símbolo "_" no Brasil é desconhecida. O correto, em inglês, seria underscore . A tradução para o português é "traço baixo". Mas em algum momento da história da humanidade, alguém resolveu chamar o "traço baixo" de underline , e assim o termo se popularizou. Já experimentou dizer um termo com um underscore no meio? Na maioria das vezes, se a pessoa não faz uma careta de que não está entendendo, ela responde com a pergunta: " Underline , né?" Mas eu insisto em dizer o termo correto. Por mais que possa ser chato pra mim, acho importante ter esse papel educativo. Underline deve ser usado para se referir ao texto sublinhado, desse jeito, ó ! Apesar disso tudo, acho que essa é uma batalha perdida. É mais um e