Pular para o conteúdo principal

Melhores do ano

Mais uma vez, participei das listas de Melhores do Ano do Move That Jukebox. Ao contrário do ano passado, separamos as listas em nacionais e internacionais.


Cada integrante do blog escolheu seus vinte favoritos em cada uma das categorias até chegarmos às listas definitivas. Reproduzo a seguir meus votos. Eles representam um panorama do que ouvi de melhor em 2012. Só tem coisa boa na lista, podem ouvir sem medo!

Discos nacionais

1. SILVA - Claridão
2. Clarice Falcão - Clarice Falcão EP
3. Ana Cañas - Volta
4. Banda Uó - Motel
5. Cambriana - House of Tolerance
6. Bidê ou Balde - Eles são assim. E assim por diante
7. The Sorry Shop - Bloody, Fuzzy, Cozy
8. Ludov - O Paraíso EP
9. Curumin - Arrocha
10. Onagra Claudique - A Hora e Vez de Onagra Claudique
11. Otto - The Moon 1111
12. Rosie and Me - Arrow of My Ways
13. Murilo e os Semicondutores - EP
14. Bazar Pamplona - Todo Futuro é Fabuloso
15. Fernanda Takai e Andy Summers - Fundamental
16. Black Drawing Chalks – No Dust Stuck On You
17. Céu - Caravana Sereia Bloom
18. Volver - Próxima Estação
19. Violins - Violins
20. Madrid - Madrid

Músicas nacionais
1. SILVA - 2012
2. Clarice Falcão - Monomania
3. Apanhador Só - Salão de Festas
4. Ludov - Circuito
5. Ana Cañas - Será Que Você Me Ama?
6. Móveis Coloniais de Acaju - Não Chora
7. Otto - Ela Falava
8. SILVA - Imergir
9. Cambriana - The Sad Facts
10. Onagra Claudique - Umwelt
11. Arnaldo Antunes - Ligado à você
12. Banda Uó - Cowboy
13. Curumin - Passarinho
14. Bazar Pamplona - Quem eles pensam que são?
15. The Sorry Shop - Dressed To Fool
16. Bidê ou Balde - +Q1 amigo
17. Murilo e os Semicondutores - A espera
18. Rosie And Me - I couldn't Reach You
19. Fernanda Takai e Andy Summers - Fundamental
20. Bonde do Rolê - Baby Don't Deny It

Discos internacionais
1. The Shins - Port of Morrow
2. Keane - Strangeland
3. The Killers - Battle Born
4. Lana Del Rey - Born To Die
5. The Vaccines - Come of Age
6. Jack White - Blunderbuss
7. Smashing Pumpkins - Oceania
8. Björk - Bastards
9. The xx - Coexist
10. Edward Sharpe & The Magnetic Zeros - Here
11. Alanis Morissette - Havoc And Bright Lights
12. Alabama Shakes - Boys and Girls
13. Mika - The Origin Of Love
14. Garbage - Not Your Kind Of People
15. Green Day - Uno!
16. Muse - The 2nd Law
17. Passion Pit - Gossamer
18. Howler - America Give Up
19. Hot Chip - In Our Heads
20. of Montreal - Paralytic Stalks

Músicas internacionais
1. Keane - Disconnected
2. The Killers - Battle Born
3. Garbage - Control
4. The Vaccines - Teenage Icon
5. The Shins - Rifle's Spiral
6. Muse - Survival
7. Solange – Losing You
8. Lana Del Rey - Radio
9. Mika - The Origin Of Love
10. Green Day - Kill The DJ
11. Muse – Madness
12. Alabama Shakes – Hold On
13. Arctic Monkeys - R U Mine?
14. Jack White - Hip (Eponymous) Poor Boy
15. The xx - Angels
16. Alanis Morissette - Guardian
17. of Montreal - Wintered Debts
18. Passion Pit – Take a Walk
19. Rolling Stones – Doom And Gloom
20. Howler - Told You Once

As listas do Move That Jukebox estão todas aqui, ó!

Leia também: Melhores do ano - 2011

Comentários

  1. Gregório, dicas para você:

    Academia da Berlinda
    Cidadão Instigado (Genial, fantástico, incrível)
    Hidrocor
    Cérebro Eletrônico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito do Cidadão Instigado e do Cérebro Eletrônico (já vi ambas ao vivo, até), mas eles não lançaram nada de novo em 2012. O Hidrocor não me conquistou. Vou procurar pela Academia da Berlinda, pois essa eu não conheço.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As notícias falsas que confundiram o público da Campus Party MG

Tive o prazer de ministrar uma palestra na última edição da Campus Party em MG com o tema "Fake News - Como viver num mundo de mentiras". Em breve, essa palestra estará disponível no YouTube e, assim que tiver o link, compartilho com você.



No início da minha apresentação, mostrei algumas notícias e pedi para o público preencher um questionário avaliando se cada publicação era verdadeira ou falsa. TODAS eram falsas, por mais convincentes que parecessem.

O público da Campus Party é jovem e ligado em tecnologia, o que poderia nos levar à hipótese de que estariam mais antenados e conseguiriam identificar o que realmente aconteceu. Os resultados foram um pouco diferentes.

A primeira notícia falava que o plantão da Globo nos atentados de 11 de setembro interromperam um episódio de Dragon Ball Z. 44% do público estava convencido de que isso era verdade. Esse é um caso curioso, pois é muito comum encontrarmos pessoas que afirmam se lembrar do ocorrido, mas essa é uma espécie de memória…

Pista premium, essa aberração dos shows no Brasil

O cantor inglês Ed Sheeran tocou ontem em Belo Horizonte em uma apresentação cheia de altos e baixos. Um problema que chamou a atenção foi o tamanho da semi-deserta pista premium. A impressão que dava é que nem um terço do espaço dedicado ao pessoal que pagou o dobro do preço estava ocupado. A foto abaixo tirada durante a apresentação do cantor dá um noção do vácuo existente.


A organização foi no mínimo incompetente para dimensionar o espaço. Fica feio e desagradável tanto para o público quanto para o cantor.

Reproduzo a seguir um texto que escrevi em 2014 para o Move That Jukebox onde falo um pouco sobre esse costume indigesto dos promotores de shows no Brasil.

******
O abismo entre a pista comum e a pista premium

A simples existência de uma pista premium em um show é o suficiente para prejudicar (e muito) a experiência de quem não está nela. Acho natural cobrar valores diferentes para lugares diferentes, mas desde que o lugar esteja marcado. É justo que a cadeira da primeira fila ten…

Quanta inovação pode conter um chinelo?

Não, eu não vou falar das Havaianas. A história da fabricante de chinelos brasileira que coloriu seus chinelos (que eram) feiosos e passou a ser um ícone da moda mundial já foi suficientemente explorada como exemplo de inovação no mundo dos negócios.

Eu vou falar é da Florine Chinelos, marca bem menor, mas com um produto interessantíssimo e um potencial de crescimento tremendo. Conheci a história da empresa em uma palestra de Alexandre Robazza, do SEBRAE SP.


Parece bucha de banho, né? Mas na verdade é o mesmo material utilizado para fazer tapetes. Aliás, o chinelo foi criado numa fábrica de tapetes.
Incomodado com as tiras que sobravam na fabricação dos tapetes, o criador do produto Carlos Gasparini, buscava alguma utilidade para os retalhos, até que um dia teve a ideia de fazer um chinelo. Após várias tentativas e com o protótipo em mãos, foi procurar o SEBRAE.
Com o apoio do SEBRAE, patenteou o produto, registrou a marca e começou a produção. Claro que não foi da noite para o dia, h…