Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Todo mundo chatiado

O termo "chatiado" (com "I" mesmo) é um dos memes mais populares entre os usuários brasileiros da Internet (meme é o termo usado para alguma ideia ou conceito que se espalha pela rede, geralmente de cunho humorístico). Usualmente a palavra é empregada para mostrar tristeza ou descontentamento de uma forma engraçadinha.

Até aí tudo bem, não há nenhum problema em utilizar a palavra fora de sua forma culta quando o contexto da situação permita. Fico #chatiado é quando vejo alguém que teve acesso à educação escrevendo "chatiado" fora do contexto "memético", achando que a palavra está correta.


"Mas, Gregório, só nos dois parágrafos acima eu já encontrei inúmeros erros, ninguém é obrigado a saber português!"

OK, eu tenho consciência que cometo erros gramaticais, mas eles não são propositais (e acho que ninguém erra de propósito). Mas tem alguns erros mais fortes, que chamam mais a atenção. E os brasileiros estão desaprendendo a escrever a pa…

Onde estão as Havaianas do Wally?

Algumas semanas atrás, as Havaianas divulgaram os seus novos modelos com o Wally, da clássica séria de livros "Onde Está Wally?"
Passei boa parte da minha infância debruçado sobre os livros da série, vidrado no desenho animado e jogando o game de Super Nintendo envolvendo o Wally. Sem contar que, por quase uma década, almocei diariamente utilizando um prato com uma cena dos livros. Já me vesti de Wally algumas vezes também.
Naturalmente, eu quis um par de chinelos (ou talvez dois) pra mim. Me inscrevi no hotsite da fabricante pra saber quando eles começariam a ser vendidos. Até que no dia 20 de agosto, recebi uma mensagem com o assunto: "As Havaianas Wally chegaram".

Foi aí que teve início o involuntário (ou será que não?) marketing metalinguístico do produto. Comecei a procurar (as Havaianas) Wally por todas as lojas da marca - e não encontrei. E aparentemente ninguém tá encontrando.

Wally deve estar se escondendo por aí. Mas assim, como fazia na minha infância, …