Pular para o conteúdo principal

Não existe mais spoiler de Game of Thrones


Acho um desrespeito dar spoiler de alguma história para quem ainda quer ter a experiência de acompanhá-la. E não entendo muito a postura de quem faz isso: vejo como falta de educação, maldade, estupidez e mais uma série de palavras que eu não gostaria de ver associadas a algo que fiz.

Atualmente, Game of Thrones está em sua última temporada. Mistério e reviravoltas sempre apareceram com muita frequência na série, que surpreende seu público desde a primeira temporada. Descobrir o que vai acontecer em cada capítulo à medida em que ele é transmitido faz parte da experiência de vivenciar a série por completo. Eu prefiro ser surpreendido com a morte de um personagem que eu tinha esperança que sobrevivesse até o momento em que sua cabeça decapitada rola pelo chão a assistir um episódio sabendo que aquele personagem vai morrer no final.

A série é tão envolvente que, ao final de cada episódio, o público quer conversar sobre o que aconteceu, discutir teorias sobra a narrativa, entender pontos que não ficaram claros e relembrar os melhores momentos até que o próximo episódio seja transmitido. O ideal é que isso seja feito em um ambiente que envolva apenas quem assistiu o episódio corrente, para que a experiência de quem não assistiu não seja prejudicada.

No entanto, parece que essa preocupação em não dar spoilers não existe mais nessa última temporada da série. O que se vê atualmente é uma enxurrada de publicações em redes sociais e sites de notícia que não esperam sequer que o episódio termine para comentar o que aconteceu. Quem não puder assistir o episódio no domingo de estreia tem que se exilar digitalmente e fugir dos papos no seu círculo social na segunda-feira para não ser surpreendido com alguma informação indesejada.


Eu entendo o que está acontecendo: Game of Thrones deixou de ser uma série convencional e passou a ser um evento ao vivo. O público ao redor de todo o mundo se mobiliza para ver cada episódio ao mesmo tempo, pessoas se reúnem, bares e shoppings transmitem cada episódio. A dinâmica passou a ser semelhante a um evento esportivo. Mesas redondas discutem o episódio, pessoas fazem apostas e o resultado final é discutido no minuto em que a transmissão é encerrada. Assistir Game of Thrones não é apenas acompanhar uma série, é viver um evento transmidiático em tempo real, em um ambiente compartilhado com milhões de pessoas de dezenas de nacionalidades.

Receber um spoiler de algum momento importante na narrativa antes de assistir um episódio certamente prejudica a experiência de quem está vendo, mas deixar de assistir o episódio na estreia também prejudica. A experiência completa de Game of Thrones inclui assistir ao episódio em sua estreia, acompanhar os documentários de making of, discutir as teorias sobre o que aconteceu ou ainda vai acontecer e comentar com os amigos os momentos mais interessantes. Deixar de fazer alguma dessas coisas vai piorar sua experiência (não tanto quanto receber um mega spoiler, mas vai).

Meus perfis nas redes sociais são livres de spoilers. Podem ficar tranquilos que não vou prejudicar a experiência de ninguém. O que recomendo, no entanto, é que vivam esse momento de encerramento de Game of Thrones. Faltam apenas três episódios, o que deve garantir três semanas de longas discussões - e fazer parte delas deixa a experiência muito mais interessante.

Comentários

  1. forbets: bet not in bet365.com: bet not in bet365.com 솔레어카지노 가입쿠폰 솔레어카지노 가입쿠폰 더블 업 카지노 더블 업 카지노 673List of Sega Genesis and Mega Drive consoles

    ResponderExcluir

Postar um comentário